sexta-feira, 8 de abril de 2011

O meu erro foi crer (#blogagem coletiva #maternidade real

Menstrução atrasada. Pânico. Nada planejado, nada pensado. Exame de sangue, ultrasson.

É uma menina! Menos pânico, só medo e uma pontinha tímida de alegria.

Mais exames. Tá tudo bem! Feto bem formado. Menos medo, só um medinho, um sorriso aliviado e uma lágrima de alegria.

Nasceu! Linda, gorda, saudável. Pânico de novo. O que eu vou fazer com esse filezinho agora?

Cólicas, refluxo, noites em claro. Menos pânico, mais cansaço.

Primeira gripe: menos cansaço, mais medo. Passou! Segunda gripe: menos cansaço, menos medo e mais auto- confiança. Já sei que é gripe!! E gripe passa! E cólica também e refluxo também. Só noite em claro que não passa. NÃO MESMO!

Noites com muito choro. Pânico, medo, cansaço e voltade de sair pra balada e nunca mais voltar. CULPA. Muita culpa.

Passa o choro, mais noites em claro, dessa vez com um sorriso. Sorriso cheio de dentes! Menos pânico, menos medo, e cansaço? Nem lembro! Alegria. Muita alegria.

Ela tá andando? Mas já? Vai cair...caiu. Machucou, que dó. Ela chora, eu choro. A dor em crianças passa rápido! Em adultos não.

"Mamãe, au au, papai, vovô" Que linda!!

“Puta pariu” Que mal educada.....

Um beijo e um “te amo mamãi” Vem cá dá um abraço! Também te amo, filha.

Mordida, soco e pontapé. Senta lá no canto e pensa no que fez. Castigo!

Mais noites em claro, mais choro, mais alegria, mais tristeza, mais culpa, mais sorrisos, mais medo, mais orgulho, mais vontade de fugir, mais vontade de ajoelhar e agradecer a Deus.

Saudade do que já passou, medo do que está por vir.

Choro, rio, me descabelo, me entristeço, me canso.

Choro e rio ao mesmo tempo.

Penso que estou enlouquecendo. Mas não estou enlouquecendo.

Estou só sendo mãe.


(E que mãe é normal?)

32 comentários:

Naiara Krauspenhar disse...

E que mãe é normal?
E que mãe é perfeita?

Vamos que vamos... rs

Bjooooooo

Renata disse...

Nenhuma é normal. Cada uma com suas maluquices...rs!
beijos

Anne disse...

Puta que pariu!!!
amay!
vc é foda!
bjo

Paula Marcilio disse...

Por que será que nós mães sentimos tanta culpa né?

Carol Garcia disse...

liiindo, Giu!
e me diga: que normalidade tem coragem de chegar perto de uma mãe???????

bjocas

Ivana (Coisa de mãe) disse...

kkkkkkk adorei! Retrato da realidade da grande maioria das mães!

Bjso!

Mariana - viciados em colo disse...

me mostre uma mãe normal, pefeita, que acho um problema! isso não existe, só tem doida mesmo!
beijoca

Camila disse...

Se for normal ou perfeita, certamente não é mãe, né?! Chorar e rir ao mesmo tempo é uma coisa q só a gente tem e consegue entender!
Bjos,
Camila
www.mamaetaocupada.blogspot.com

igeany disse...

Nossaaaaaa!!! Falou td! Perfeito seu texto! Deu vontade de chorar e de rir ao mesmo tempo...Louca,eu???Naummmm....sou só uma recente mãe! Bjooo

Nine disse...

"Mas não estou enlouquecendo. Estou só sendo mãe". Adorei!

Também chego a pensar por vezes na loucura que me bate, principalmente no cansaço, ô coisa cruel!

Mas vem os sorrisos, as gracinhas, e como vc disse é menos cansaço e mais alegria...até o próximo pico de falta de descanso.

Um dia de cada vez, rsrsr
Beijos,
Nine

Natália disse...

Giuliana acompanho seu blog e sigo seu Twitter. Adoro os seus posts e me identifico muito com eles.
Que mãe é normal? Vamos pular essa pergunta né?!
Bjão!

http://minhapequenamaria.blogspot.com/

A mãe dos Gêmeos disse...

Todas nos somos mães do nosso jeito e no nosso tempo, lindo texto.
bjos

Eu e minhas três bonecas... disse...

Adorei! E tem jeito melhor de enlouquecer??????
Beijos!
Gabi
minhas3filhaslindas.blogspot.com

Mirys + Guigo + Nina disse...

Olá!
Também estamos fazendo parte dessa blogagem!

A nossa participação tá aqui ó:
http://diariodos3mosqueteiros.blogspot.com/2011/04/maternidade-real-mae-pode-querer-ser.html

Bjos e bençãos.
Mirys

Daiana M. Santos disse...

Hahaha adorei!
tudo junto e misturado é assim msm

Bjos

Raymundo Donato disse...

HI level! Gostei.

sueli disse...

Darling: BE COOL
Você é normal assim como todas as outras mulheres que ganharam esse diploma.
Continuamos normais numa noite fria, quando somos interpeladas por um chorinho. Vamos verificar e tá lá 39,5 graus de febre. üi. e agora??? Vamos até a cozinha, pegamos um copo com água mais um AAS infantil, voltamos aos trancos e barrancos nos encontrando com todos os batentes, pisando em todos aqueles brinquedinhos espalhados pelo chão. Finalmente, chegamos ao berço. Lá está nosso pequerrucho sentado, corado e aos prantos.Ainda embevecidas de sono, TOMAMOS a aspirininha e só acordamos quando o último gole, escorre pela nossa face ainda dormente. Sentiu o drama? kkkkkkk. pois é. se deram esse diploma prá mim; pq não ä você lindinha, que nem dorme ??? rs beijos

Lua disse...

ótimo como sempre!!! Normal??Mas quem é normal visto de perto?!eu com certeza não sou e sou mãe!!rsrsrrs

bjos.. tbm participei da blogagem, passa lá!

www.devaneioslunares.blogspot.com

Mariah e suas duas mães disse...

fenomenal seu relato !
bjs de nós 3

Jorge disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcos Fernando disse...

Real e emocionante e , por isto mesmo, fantástico! Amei! (e meus olhos arderam...sério!)

Milenna disse...

Amei!
Como sempre, me identifico!rs
Bjos.

Carolina Samorano disse...

Oi Giuliana! Tudo bem?

Parabéns pela Lulu e pelo blog!
Adorei : )

Mas ó, tô te escrevendo pelo seguinte: sou repórter do Correio Braziliense, aqui de Brasília, e a gente está fazendo uma matéria sobre maternidade na internet para nosso especial de Dia das Mães e vamos dar um espacinho às mamães blogueiras.

Queria um contato seu para a gente conversar direitinho e ver se você topa falar do teu blog para a gente! Me manda um e-mail! carolmsamorano arroba gmail ponto com. Beijos!

Kika disse...

Que lindo! Adorei!
(mas a gente é louca sim, claro. que bicho normal pari e ama desse jeito? qula, qual, qual?)
beijos

Roupas de Bebe disse...

Adoreiiii esse texto, muito legal. Estou na parte dos dentes ainda, mas já me sinto muito anormal....rsrs. Ser mãe é a coisa melhor do mundo!!!!
Beijos
Ana
www.eroupasdebebe.com

sueli disse...

toc toc? o blog está mimindo?
estamos aflitas, esperando o próximo.
num judia né ô?
beijos

Amanda disse...

Uai Ju a lulu está dormindo agora, vc sumiu?
mande-nos um help please

Silvana disse...

Adorei esse post

Já coloquei no meu Facebook, como homenagem as mamys...

bjs, parabens!!

Rafael disse...

Peguei o bonde andando por aqui e estou lendo não só este belo texto como os antigos tamanha a admiração e identificação com a primeira amostra ("Amor de filha o dinheiro não compra. Para todos os outros amores, existe mastercard") com que esbarrei no facebook. Tudo muito bem escrito, com uma leveza deliciosa, bom humor (mesmo que insone...) e ironia. Escrever salva a gente! Ô trabalho terapêutico do bom!

Sou pai de uma menina de nove meses, a Ceci, que, por sinal, também não dorme... rerere... Aliás, teclo depois de mais uma madrugada em claro, o que já é um clichê para mim e minha mulher. Bom achar uma esquina pela internet com nossas loucuras diárias tão bem retratadas. Passaremos por aqui sempre. Afinal, estaremos acordados. Sempre!

Beijos e parabéns dos leitores de primeira viagem Erica e Rafael!

Mah disse...

Olá,estava lendo o seu post,Terror Diurno,e li que sofre de sindrome do Pãnico,bem vinda ao clube amiga,eu sei muito bem pelo o que está passando,sofro com isso,a umas 3 semanas + ou-,achei que estava infartando,que iria morrer,é horrivel,mais com fé em Deus,vamos nos curar desse mal..Bjokas

Anônimo disse...

Amei amiga, melhor descrição de mãe que já li, copiei no meu orkut kkkk.

BLOG DA BIA disse...

Que lindo! :-)