terça-feira, 9 de agosto de 2011

Terrible two ou os terríveos dois anos (ou ainda: SO-COR-RO!)

Seguinte: recebi um e-mail do Baby Center, aquele site no qual nós, mães inocentes, fazemos um cadastro quando grávidas a troco de receber emailzinhos mês a mês sobre o desenvolvimento de nosso bebê. Tipo um manual de instruções, sab? E eu ainda não achei o botão delet account now e temo que daqui 48 anos ainda estarei recebendo: Olá Giuliana! sua bebê está completando 50 anos! É a época da menopausa, veja os cuidados..blábláblá...

Enfim, e-mail dizia mais ou menos assim:

Os 2 anos de idade são tão famosos pelos escândalos e ataques de fúria que em inglês existe até o apelido "terrible twos" -- uma idade terrível (AH CEMIJURA?) Mas todo mundo sobrevive,(SÉRIO MEMO?) e o importante é saber que as birras são normais,(PRA QUEM?) e quase nenhuma criança escapa,(E ESSE FOCO NA CRIANÇA?E A MÃE DESSA CRIATURA, COMO FICA?) nem mesmo as mais calmas e comportadas.(nunca tive uma dessa, by the way)”

Então, voltando e resumindo: seu bebezico, antes rosado, risonho e que fazia aquele cocozinho cheirando a mamãozinho, completa dois anos e vira um dinossauro vermelho raivoso, chorão e que faz pelotes de cocô com milhos INTEIROS pelo seu tapete novo... É isso.

Eu tenho uma tiranossaura rex na minha casa e não sei como lidar.

Birra, gritos, socos, pontapés, não quero, não vou, não uso mais roupa, quero agora, não quero mais, quero mais, cuspida na cara, gatos com traumatismo craniano por golpes de controle remoto, xixi no sofá novinho, risadas histéricas, viradas de cabeça em 360 graus, vômitos verde e voz metálica, desmaios encenados no chão do shopping, chantagens do tipo ‘eu vou chorar taaaanto’... enfim.

E você, querida mãe desse pterodactilo que está lendo esse post agora, se você faz cara de pintura impressionista diante dessa birrice, é taxada de negligente; se você pega a criança pelo braço, é um animal. E se você, assim como eu, é apontada na rua como a mãe de merda do ano, abraça aqui e chora comigo. \o/

Então, como proceder?

Sou contra bater, mas sou a favor de conversar e ensinar. Explico por A+ B o porque ela não pode fazer aquilo, fico brava, mostro autoridade, rezo pra Jô Frost, respiro, conto até 227, ponho de castigo, ela berra, deixo no castigo, me tranco no banheiro, choro, me descabelo, pego um livro do Içami Tiba, leio, concluo que fracassei, me limpo com as páginas do livro, respiro, volto, me recomponho, limpo o nariz na manga da blusa (oi?), respiro de novo, xingo todos os antepassados do Içami, respiro, olho pra ela no cantinho do castigo, abaixo na altura dela, incorporo um sotaque britânico e digo que ela está lá pra pensar no que fez, que ela está errada e ela me responde com um ‘tá tá tá bom já chega com isso’ mostrando a língua. Eu respiro, pego massinha e faço 12 bolinhas(pra me distrair) explico de novo e ela continua gritando ‘tá tá tá bom, cheggaaaaa’, batendo com a cabeça na parede. Eu digo que enquanto ela não parar de gritar e se debater, ela não sai de lá. E ela não para. Amasso as bolinhas de massinha com toda a força do meu ser, choro, perco hora pra compromissos, perco o chão, não acho as palavras, perco a chave de casa, perco o freio, estou em milhares de cacos eu estou ao meioooo..., acaba o dia e eu ainda olhando pra ela no castigo e vejo que não fiz nada, além de tentar educá-la. Em vão. Dou um doce de leite pra ela e vou fazer minhas coisas. Fim. Do dia e do castigo.

Terrívea, gente. Ela tá terrívea. E além dessa monstruosidade toda, a bichinha deu de falar. Mas falar muito. Pensem numa pessoa que fala. Agora numa pessoa que fala muito, mas muito mesmo. Agora numa que supera essa última. É a Lulu. E se ninguém responde as suas perguntas, ela mesma trata de inventar as respostas e arremata com um “ahhhh intindji” pra ela mesma.

E quando ela não tá falando, ela tá cantando. Porque ela não gosta de deixar um pobre segundo sequer no vácuo do silêncio. CÉOS.

(Férias cerebrais: eu necessito)

Ela emenda Maria Rita no Pearl Jam (que ela ama, depois da Amy, claro) Roberto Carlos no Wando e tem hora que entra num looping eterno digno de um DJ portador de TOC “rapte-me camaleoa, adapte-me a uma cama boa, rapte-me camaleoa, adapte-me a uma cama boa, raptemeadaptemeraptemeadapte-me...” A.D- I.F.I.N.I.T.U.M que deixa qualquer serumano a beira de um parapeito alto. Ou uma dose cavalar de rivotril.

(Férias cerebrais: eu necessito2)


Sem contar o tempo e criatividade que temos que gastar pra esses pequenos animais jurássicos engolirem um simples prato de arroz feijão. E lá se vão mais horas a fio gastas em vão. Junte tudo isso a férias escolares e recolham uma mãe morta em 30 dias.

Aliás, queridas mamães, convido-lhe-as a juntarem-se a mim na marcha pela diminuição das férias escolares de 30 pra 03 dias. Comentem o post e assinem com um “eu apoio essa idéia”, e vamos todas juntas lutar por esse nosso direito.

Louvada seja a nossa paz mental. Amém.

E eu não vou desistir. Já comecei a desenhar quadradinhos de giz na minha cela e faltam apenas 345 dias para os 3 anos!

Só por hoje.....

62 comentários:

Mariah e suas duas mães disse...

Perfeito seu post. Assim que posso elogia-lo.

Nossa princesa ainda tem 7 meses, mas já se comporta como um polvo que derruba e pega tudo com seus 16 tentáculos mãos, e já vira 360° quando quer sair da posição que a colocamos. Entre outras.

E asim caminha a vida de mãe kkkk

bjs nossos

Fabi Coltri disse...

Aaaaaaaaaaaaaaaaaahhh morri com o:

“ahhhh intindji”

Terríble two acaba, depois vem o terrible three, depois o four...(Tô nesse)

Beijos gata

Apoio a causa!!! =oP

Natália a mãe disse...

É apenas uma fase de MUITAS!
Minha Maria tem 6 meses apenas, mas sua irmã Giulia tem 8 anos, na fase pré-adolescente e já me veio comunicar que um garoto pediu pra "ficar" com ela...Imagine...tem chão pela frente! Muita calma...muita...e respire até 82746539 e um sorriso de caneca e pronto!rs
Beijos

Aline disse...

Você veio aqui na MINHA casa, espionou eu e minha filha de 1 ano e 9 meses por algum tempo e FINGIU que a estória é sua, né????
Só pode!!!
Não tem como ser mais IGUAL....
Chorei literalmente junto...
Eu totalmente “apoio essa idéia”.

Beijos.

Ps: Precisamos colocar as duas juntas e enlouquecer mais um pouco com caos que se formará.

Mari disse...

Ai flor, não quero desanimar, mas pode desenhar mais 365 risquinhos na sua parede. terribles twos MY ASS, espera só ela chegar nos três, espera...

Ó, tem um livro muito bacana chamado "como falar para o seu filho ouvir, como ouvir para o seu filho falar". tá me ajudando horrores. Ele tem uma carinha meio duvidosa de autoajuda picareta, mas não é não. tem sacadas ótimas. Talvez Lulu ainda seja um pouco novinha para ele, mas vale ler e ir se preparado para o porvir...

fica firme aí, moça!

(café? livraria? vamos botar nossos monstrinhos pra destruir a Cultura juntos?)

Mãe de João Marcello disse...

Li em um blog que as crianças precisam se expressar, e assim vem as birras. Pois é, mas não sou a favor da bandida da birra, parece que fracassamos na educação? Dedicamos tanto, a orientar, fazer, acontecer... bem... sou da opinião que uma palmadinha não mata, mas põe limites, pois o meu de 1,2 meses já faz birra também, quer bater no meu rosto e me biliscar e quando o faz recebe a correção, além do NÃAAAAAAAAAAAAAAAAAO PODE! é corrigido tb. Ele já sabe, qdo vem com birra e eu o repreendo começa a querer me enrrolar com beijinhos. Acho que castigo só não resolve, eles precisam saber quem manda na parada.

verissimo disse...

Claro, você a essa altura do campeonato já deve desconfiar que o problema não termina no próximo aniversário.

Em casa são três, veja só; o que dá menos trabalho tem um ano e nove meses. Peraí, eu disse MENOS trabalho? Trabalho igual, mas diferente.

Boa sorte por aí...

Priscila disse...

Ai guria estou entrando no terribles twos enão e facil... como essa criaturinhas lindas e fofas tem genios e tão fortes..auhsuahu..
Mes e soh uma fase, que eu tenhu esperanças que acabe..asuhaus


Bjus Nossos...

Mary disse...

Podemos fazer o que a família Dinassauro fez com o Baby: antecipar o parabéns do 3.o aninho.
Agosto é um bom mês...
Laura tb fez 2 aninhos em Julho e acabou de ser possuída por um espírito obsessivo-mal-educado-do-khálho. Já tentamos de tudo. Semana que vem é o 3.oa aniversário dela.

Mariana - viciados em colo disse...

aaahhh, nem me lembre disso: passei por isso com alice e arthur já entra em terrible two mode aos 19 meses: help!!!

força, já-já passa! só por mais um dia!

Mary disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lu disse...

Coragem...o cão covarde, assim como no desenho, não ajuda muito!

Excelente post, mesmo sendo uma tiranossaura, que vira a cabeça em 360° e canta dia e noite dá vontade de morder...
A fofura dela é proporcional aos ataques de birra!
Vocês duas são umas lindas!
Adoramos seus posts!
Beijo

Motivo Para Sorrir disse...

KKKKK, vc não viu nada rsrsrs a sua pelo menos fica lá quietinha no castigo a minha nem isto, acho que são todos nesta faixa de idade deste jeito mesmo, salva a CRECHE rsrsrsrs

Sula e Sara

Aline Siemionko dos Santos disse...

Dou risada junto lendo os posts aqui publicados. Sim, dou risada... porque não, não tenho filhos.

Mas sou professora. E não gostei nadinha dessa ideia de diminuir as férias da criançada! Se vocês acham que o negócio pega com um, dois, três... imaginem com dez? Tudo-junto-reunido?

Flavinha disse...

Menina, eu tenho um desses em casa e tô assim maluca tb. Fico totalmente sem saber o que fazer, cruel essa fase, ê o pior que falam que depois dessa vem outra, pior, hahahahaha Bjs ótimo post.
Fla

Tuka Siqueira disse...

Terrible two... tá, sei. Eu tive duas nessa fase, quando saíram, entrou a terceira. E essa é a pior de todas porque acha que é a autoridade da casa. Mamãe xinga as manas ela tá lá "patipatátatá!" ajudando a xingar. Mamãe xinga ela, ela responde: "caria, tapaiu" coisas delicadamente ensinadas por papai... O que me consola é que daqui há uns vinte e cinco anos isso passa e vai chegar o momento da vingança, a hora de eu rir delas com seus próprios "monstrinhos"...

Força aí amiga! Corta os pulsos não. Beijos

Renata disse...

Assim, sem querer desanimar muito - os 3 anos chegam e tudo isso aí que vc descreveu continua....
Inclusive acho que piorou um pouco! Força aí!!! rsrs!
beijos

Bettina disse...

A há!

Esquece Icami Tiba e foca no Dr. Karp, não com o bebê, mas com a crianCa mais feliz do pedaCo!

Não é 100% garantido, mas ver aqueles pequenos homens da caverna agindo iguaizinhos aos nossos na tv, pelo menos é reconfortante!

Ajudou muito a fase terrible two numero um aqui em casa, e, que bom ler esse post, porque já estamos no olho do furacão do terrible two, do filho numero two!

Beijos,
Bettina

www.vivendonummundoazul.blogspot.com

Ana Carolina Amado disse...

Ainda bem que vc entende o que a Lulu fala... eu não consigo entender praticamente nada do que o João Pedro fala, mas ele não para de falar um segundo.
Marido já disse q ele fica balbuciando palavras enquanto dorme... só Deus pra aguentar e nós mães lindas and maravilhosas and pacientes!
Beijos!
Ana Carolina
@anacarolinaqui

nerdiando disse...

Ah, seja bem-vinda ao ano mais frustrante da paternidade/maternidade antes da adolescência! O ano em que tu pega a certidão de nascimento, várias vezes, para saber se aquela criatura é realmente sua filha (eu mesmo fiz isso umas três ou quatro ou cinco veses [perdi as contas]!
Ela vai te afrontar, bater, xingar (xingar como um estivador e bater como um lutador de UFC) e especialmente te ironizar. (tenha a certidão sempre a mão é um conselho útil)! Soube que há um estudo que afirmando que a taxa de abanodo cresce nessa faixa etária!
Boa sorte guria; nós estamos, felizmente, saindo desse martírio que muitos chamam de adoslescência concentrada!
Conselho: A certidão de nascimento! Sempre, saber que a MC é milha filha me fez perseverar!

Camila disse...

Eu apoio essa causa. Apoio muito, com todas as minhas forças e com todas as minhas amigas mães de crianças em idade escolar!
Bjos,
Camila
www.mamaetaocupada.com.br

Marcella Nathaly disse...

kkkkkkkkkkkk
Eu ri, ri, ri muito com esse post! Porque Anna Luisa e Ana Luiza são gêmeas separadas pelo nascimento, só pode! E na hora do desespero eu já dei até beliscão (minha culpa, minha tão grande culpa), mas não adiantou nada e levei foi um tapão na cara (bem feito pra mim!).

Bos sorte para nós, mamães!

Beijão!

Ana Campos disse...

Adorei ler seu post...muito sincero, e de muito bom humor...na blogsfera nem sempre as mães contam essas coisas aí fica parecendo tudo muito simples...outro dia uma amiga me perguntou: porque ninguém comenta que as vezes perde a paciência??
Realmente não é fácil...Sofia tem aó 1 ano, ainda não fala nem anda, mas já sabe perfeitamente ser teimosa e fazer birras...
boa sorte com a sua TERRÍVEA!
bjs
http://soumaepravaler.blogspot.com

Carol disse...

Ha-ha, sou mãe de um pirralhinho de 1 ano que já está botando as manguinhas de fora. Mas sou professora e prefiro aguentar o meu feijaozinho birrento do que os 30 aborrescentes com hormônios borbulhantes! Férias de 60 dias, já!!! rs

Kelly Resende disse...

Ai, que medo dessa fase. A minha tem 1 ano e 5 meses e as vezes já percebo um comportamento mais revoltoso. rsss
Beijos.

Carol Garcia disse...

loucura loucura...
aqui tbm não tá fácil não.
além das birras toda a sorte de coisa feia e errada...
dá a mão aqui!
me abraça e simbora que logo acaba.

bjocas

Flávia disse...

#mimijeiderir...
kkkkkkkkkkkkkkkkkk..
A minha filha ainda nao chegou no terrible two, mas ta pertinho, faltam 8 meses.. #apavorada.

Sobre seu manifesto eu assino e apoio.. 30 dias de ferias é bom pra mãe, pra filho jamais

Paula Marcilio disse...

Apoio a diminuição das férias escolares!
Olha, não lembro ao certo como meu primeiro filho se comportava aos 2 anos,mas sei que agora aos 5 está complicado: "Mãe o que é gay?"

Carolina disse...

Perfeito esse post! Você não é única a parir um tiranossauro. Sim ,
eu apoio a diminuição das férias escolares. Bem bem dos nosso filhos mesmo... rsrsrs

Criss Ferrari disse...

Ehem minha filha mais nova faz 3 anos hoje. Será que passou? A última birra foi ontem, na véspera do seu aniversário. E hoje?
hoje levei a aniversarianete para a escola ainda dormindo. cantamos os parabéns as 9, e só vou vê-la as 15:00. São 8 horas de escola. E lá ela dorme perfeitamente, é a primeira a dormir a última a acordar, pega suas coisas e dorme. Em casa, só depois de muito xingo, de passar 1 hora ou mais com ela na cama dela. Sim, porque estou nessa fase mais avançada, há 6 meses tem sua cama de solteiro e eu posso me colocar lá e tentar com música de ninar, aquela rotina que nunca deu certo mas sem ela é pior ainda. É assim desde que nasceu. Emendou o último dia de cólica, aos 3 meses, com a briga para dormir. Devo admitir que agora estamos numa fase melhor onde não acorda 99% das noite no meio da noite, mas já passei muita noite com ela na minha cama ou eu na dela acordando. E eu sou do tipo de pessoa que necessita dormir as famosas 8 horas, por que ela não??????

Juliana Baron Pinheiro disse...

Chará qual teu email pra contato? Esse do gmail? COmecei hoje um novo blog, dá um pulinho lá. Logo te convido pra participar!!! Vou amar. www.falamae.blogspot.com!!
beijos

sueli disse...

kkkkkkkk. desculpe o riso mas não aguentei. Confira sempre a certidão de nascimeto. Acho que é bem por aí mesmo. Pq só mãe prá "aguentar" tanta malvadeza da parte dos pequenos. (tadin dos titcher),
Se apegue äs dicas que vc recebe mensalmente falando ä respeito de sua bebezinha que já completou 2 anos. E sempre que precisar, não hesite em limpar a bunda com o Dr. Içami Tiba. Só não esmoreça. Mostre que vc tem as rédeas, ainda que ela puxe demais. Ela vai agradecer suas freadas. E curta bem essa fase, pq passa muuuuito rápido, . Logo, logo vc vai sentir saudade. Amo as duas. Beijos

Adri disse...

Ai, ai, ai... Totalmente solidária à causa da diminuição das férias! Tenho um pestinha de 2 anos e 2 meses e, com o perdaão da palavra, tá "flórida"!!!! Hj ele deu um erdadiro escândalo, com direito a esperneada, gritos e chutes, pq não queria trocar o cocô (to tentando desfraldar o rapaz e esse processo tá deixando ele e eu estressadíssimos). Ah, só p acrescentar: estou gravidíssima de 8 meses de outro ser tb do sexo masculino. Será q vou endoidar?? Bjs e parabéns pelos posts hilááários!! Só rindo mesmo!!

Roberta Lippi disse...

Chorei de rir com seu post.
A Fabi disse bem aí: te prepara porque depois do terrible two vem os terrible three... rsrsrs
Parece que nossos filhinhos foram abduzidos, né? Daí pra frente é assim: fica ruim, depois melhora muito, depois vira um monstrinho de novo, depois um santo...
A sorte é que, ao mesmo tempo em que eles são esses seres insuportáveis, eles conseguem ser incrivelmente fofos e engraçados quando estão nos momentos de falação, né? Eu ria horrores da Luísa quando não estava querendo trucidá-la.
Força aí, querida!

Leila disse...

também passei/estou passando por isso. Indico o livro Limites sem traumas. Achei bem prático. Uma dica importante: elogie sempre e com sinceridade quando ela se comportar. Vc vai ver como a Lulu vai ficar toda prosa e querendo acertar de novo.
Boa sorte!
Ah, pra variar, excelente post!

Bianca disse...

Olha, eu que já passei há um tempinho por isso dei risada de gargalhar, kkkkkkkk. E a coisa "melhora" mas naquelas, né?? Cada idade com os seus "terribles".
Ó, mas para animar um pouco, ouvi a Rosely Sayão falando outro dia que crianças que fazem birra são inteligentíssimas...kkkkk, bom, acho que vem por aí a geração "einstein", né??
E aonde eu assino o abixo assinado?
beijo

Meu Pai É Poeta! disse...

Matando minha saudade, Giu! Valeu!
Seu texto azeitado me surpreende. Flui. Jorra. Mana. Desce a encosta do meu ser rio abaixo. Mas, sobe como carrinho de rolimã ladeira acima. A beleza taí: Lulu é inspiração da mamãezinha que escreve. E vocês duas vão dando vida e criando suas Hestórias. Haja cordão umbilical pra dar tanto nó nessas vidas. Nó de laço, ligação, enlace.
Tentei “criar” minhas ‘cria’nças à Piaget, epistemologicamente falando. Mas, cada SER seu mistério. Estar com eles é algo inusitado quando se compreende o divino estado de ESTAR!

Pois bem. Vê-se crescer sua obra literária e fui buscar nos Clássicos coincidências inerentes. Após peneirar a literatura infantil “descobri” com quê suas vidas se espelham. “ESPELHO, ESPELHO SEU!!!...”:

“Capitã Gancha”
Ardilosa Giuliana Capitã Gancha teme o crocodilo que engoliu sua mão e um relógio, tic-tac. Com medo do tempo perdido por não ter dormido aturando os caprichos de Wendy-Lulu e seus Gatinhos Perdidos quer que Wendy-lulu ande na linha... melhor, na prancha!

“Pequena Príncipa”
Agora a doçura da Lulu, a menina de cabelos louros e cachecol vermelho filosófa e poetiza . Compreenda: um elefante engolido por uma jibóia não é um chapéu. A princepezinha do B612 deixa a coitada da pilota Giu perdida num deserto. Se liga: “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.”


“Lulu no País das Maravalhas”
A linda da Lulu caiu na toca da coelha antropomórfica. Giuliana é a coelha carregando o tal relógio, parece estar atrasada pra alguma coisa..., na verdade esperando que a doce Lulu durma. Porém, Lulu é corajosa, inteligente, perspicaz e racional, tem cabelo loiro e faz considerações à medida que a mãe, tolhida e tolinha, se desespera.

Muitos beijos pra vcs!;)

leoncio
halbatroz@hotmail.com

Cristiane disse...

Tem hora que é dificil ligar com tanta birra, e qdo querem chamar a atenção na frente dos outros...grifffffffff. Olá sou a Cris, achei o nome dos blog minha vida até meu filhote aprender a dormir, nem me fale!!!!

Juliana Baron Pinheiro disse...

Chará, queria um email pra contato!! Manda um pro ju_bp@hotmail.com!
beijocas

gabriela disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
não consigo parar de rir!!! muito bem escrito.

bjbjbj

http://maeporacaso.spaceblog.com.br/

Lidianne disse...

Acabei de descobrir teu blog e amei! Já li alguns post e me acabei de rir, amei o post da jaqueta com sutian de oncinha. A minha filha apesar de ter ainda 1 ano e 4 meses, já está muuuito birrenta. Ela entrou no "Terrible two" antes da hora! E quando ela faz birra (que não são poucas), e eu começo a reclamar com ela, ela tenta me enrolar, me enchendo de abraços e beijinhos. Tem quem aguente? E quanto a não dormir, estou achando que é um mal das Lulus, pois a minha não dorme. Desde que ela nasceu que não sei o que é ter uma noite de sono srsrsr...

Anônimo disse...

Very interesting points. Thanks!

My blog:
rachat credit conso rachat de credits

Nádia não come disse...

Nossa to com medo, meu Deus hoje amo muito mais minha mãe a cada dia que passa!!!olha não é facil não hein eu vo chega nessa idade ai!!!!!

isa disse...

e quando começa aos 16 meses, a gente faz o que?

Bia Costa Mecchi disse...

Eu literalmente chorei baldes de tanto rir!!! Desculpe. Eu sei que chega a ser trágico, mas seu texto é muito bom. Não consigo parar de rir! Parabéns!

Anônimo disse...

AI!!!!!!!!!!!!!!! Pode me dar um abraço? Eu preciso! Você me entende, com certeza, pois tenho um menino de 2 1nos e 1 mês exatamente fazendo as mesmas coisas que a sua, me desculpa mas é um consolo saber que ele não é o único! Queria ter vc como amiga, pq os meus amigos olham para minha figura correndo e chamando atenção do meu filho e fazem uma cara de :"coitada! será que hoje ela morre?" É claro que sabemos que é o trabalho mais maravilhoso do mundo e que nossos filhos são nossos amores, mas a minha pergunta é: Vai passar quando os 3 anos chegarem? Ou terá um terrible three?
Beijos
Mariana

Viviane Junqueira Ayres disse...

Eu tô no terrible seven!! rsrsr

AInda continuam fazendo birra...ainda demoram horas para comer...as respostas sempre na ponta da lingua...e olha só...estão certos em tudo! Nós é que não sabemos de nada...

Além da frase mais doce... "Mãe, você compra?"..quer tudo que passa na tevê, que tem música bonitinha e é colorido...mesmo que seja desinfetante(tenho que explicar que não é perfume). E que os pôneis malditos não estão à venda!!!!

Eu agora digo que compro tudo...e se eu estiver errada os psicólogos que me perdoem, mas ouvir ela chorar que quer porque quer tudo que passa na tv e eu digo que não, que ela tem que escolher...ahh cansei! Digo que compro tudo...tô esperando o dia que ela vai cobrar, metade do que eu prometi comprar!!!

Giu..texto perfeito...me acabei de rir...(coitado do Içami Tiba)rsrsr

Bjus

Andrea disse...

Giuliana, muiiiiiiitttttaaaa calma nessa hora. Eu chorei, me desesperei e confesso que cheguei a levar ao medico porque achava que não era normal. Aquela menininha linda gritando e se jogando e me empurrando, ai como sofri. O médico só faltou dizer que o problema era comigo, porque com ela estava tudo bem. Mas agora, finalmente aos 2 anos e 9 meses tudo está mais calmo. São fases, e passam. Bjs!!!!!!!!

Jéssica Germano disse...

acho que eu quero minha pequena com 4 meses pra sempre depois desse post haiuahiuahiuah

Edna Fernandes disse...

Nossa e eu achava que eu tinha problemas, nunca mais eu reclama do meu Pedrinho-sauro!
Eu o chamo assim carinhosamente kkkkk
bjs e boa sorte.

Mi disse...

Meu bb é calmo e dorme a noite toda desde os 15 dias. Ele fez 3 meses no dia 19 e continua um bb zen, mas ativo, e conversa horrores comigo, com estranhos, com o pai, com a TV. :)
Quase nao choro, mas reclama muito qdo está mais enjoado.
No frigir dos ovos é um bb PEACE and LOVE.
Será que na fase dos 2 anos ele vai mudar?
Deu medo!!!!!!
Adorei o blog.
Bjs

Fernanda disse...

Meu VIVA para posts como esse! Vou ser chata, mas to cansada de bebês de blogs perfeitos rosados sorridentes e comportados...Que obedecem sentados vendo TV quando a mãe pede pra esperar e blábláblá... VIVA A CRIANÇA PTERODÁTILA!!! Bjo gde

Priscila disse...

oiew....uma amiga mandou seu lik..amei!!! sua filha é linda...

depois da uma passadinha la no meu log...ele é voltado a desenvolvimento inanti...
espero que goste e manda sugestoes tb...bjnhs 1000

Paulo disse...

Minha nenê está com quase 4 meses e dorme que é uma "magavilha"... Essa noite, foi dormir as 20hs e acordou só as 06:30hs, risonha, com cara de sapeca! Mas mesmo assim adoro ler o seu blog, afinal é ótimo rir da desgraça alheia, e vai que de repente tem alguma dica útil para se um dia minha baixinha resolver me dar "baile"... :)

Angi disse...

Ju
adorei!
to rindo muito, tá?
mas é que estou no terrible one ainda, e nem quero saber o que vem pela frente, não me conta!!rs
adorei seu blog, e não sei como ainda não conhecia!
pode contar comigo, tô com vcs pelas férias de 3 dias, nossa mas a escola é mto esperta, 30 dias longe dos pestinhas!rs
brincadeira,viu?
adorei aqui, e voltarei!
beijos em vc e na Lul, prazer, Angi

Madri disse...

Amiga,
Tem um post igualzinho no meu blog, kkkkkkk!
Oooo fase viu!
Mais passa................
Beijos no coração.
Madri

Tatiana Lucia disse...

Que post esse menina!!!!! muito bom e amendrontador tb. Meu filhote deve estar nos ensaios pois só tem 1 aninho, mas ja to aterrorizada com o que vem pela frente! Beijos.

Luciana disse...

Os meus entraram na fase "terrible" com um ano e não saíram mais... o mais velho tem 4 anos e continuo na cela kkkk
Querida, você deveria se contratada pelo site que manda e-mails sobre os bebês (tb recebo!). Não para falar sobre os bebÊs o que toda mãe já sabe.Mas para dar às mães uma boa dose de endorfinas regadas à gargalhadas, e assim termos algum prazer nesta vida heheheh um e-mail com textos seus por semana e a energia pra enfrentar nossos tiranossauros seria renovada bem mais fácil! Beijim

Elba Oliveira disse...

Caramba, seus postos precisam virar peça de teatro, sério!!!! Ri muito

BLOG DA BIA disse...

NÃO...
Não apoio a ideia!!!
(Sou professora de creche!)
Kkkkkkkk

Ludmila disse...

Eu sou do baby center kkkk entao quer dizer que o cadastro nao tem fim? lol
danou-se

A mãe do Bê disse...

Oi Ju tudo bem?Olha o seu post me ajudou e muito a entender a fase que estou passando com o meu filho Bernardo,muito obrigada!Estou seguindo você!Beijos.