quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Homenagem aos 90 anos da minha avó

No próximo dia 19, minha avó completará 90 anos. Me senti na obrigaçã de abrir outro parêntese no assunto Lulu-não-dorme ( já que ela tem dormido mesmo ho ho ho) e tecer um post exclusivo em sua homenagem, afinal sem ela não existiria Vera, muito menos Ju e menos ainda Lulu, néam?

Vamulá:

Uma das lembranças mais doces que tenho da minha infância é da casa da minha avó. Era lá que eu passava meus dias, brincando com Dona Margarida.

D. Margarida é a pessoa mais delicada, meiga e doce que eu já conheci em toda minha vida.Passava seu tempo sentadinha em sua cadeira de balanço, fazendo toalhinhas de crochê. Especialista em preparar chás da tarde caprichados, com direito a biscoitinhos de coração enfeitados com glacê real, que ela mesma fazia.Boas lembranças!

Brincávamos de princesas no castelo, assistíamos desenhos juntas, ela me mostrava suas jóias-pérolas principalmente- e me contava a história de cada uma delas; todas presente do meu avô, em uma data especial.Candura em pessoa!

Óquey, essa era a história que eu contava pros meus coleguinhas pra não chocar. A versão oficial é essa:

Dona Margarida, a pessoa mais escrachada da face da terra e de uma rusticidade inigualável. Comprava frango vivo na feira e me fazia subir no banquinho perto da pia pra ver o bicho ser morto num golpe de pescoço; depois de depenado tirava seu sangue e botava na panela pro molho pardo e em seguida era frito and comido( por mim, inclusive)

Aos domingos fazia lingüiça, porém a curtição dela não era fazer, era correr atrás meu avô gritando com vozeirão “vem que a comida tá pronta!” com aquele negócio pendurado no meio das pernas. Eu ria, mas não entendia muito bem né, eu tinha só 4 anos.

Ela gostava de fazer um tipo de um bolinho chamado crustoli. Só que pro processo não ficar monótono, ela inventava formatos exóticos(?), com o intuito de me ensinar sobre anatomia feminina, digamos assim. Colocava os nomes de todas as vizinhas de acordo com a aparência do doce; a mais gordinha era uma vizinha do lado, a pequeninha era da japonesa do mercado e por aí ia...Enfim, ela me entretia fazendo réplicas das precherecas das vizinhas.Lúdico e instrutivo.

Fora as piadinhas escatológicas e a revidar um tapa na amiguinha, ela também me iniciou no mundo crime, me fazendo subtrair(pra ficar mais phyno) balas e chocolates das Lojas Americanas.Quem iria desconfiar de uma velhinha e uma criança?? Mas pessoas, por favor não levem a mal, ela não fazia pra prejudicar ninguém, era única e exclusivamente pra animar a tarde da netinha entediada. Compreendam.

Quando eu chegava chateada da escolinha, ela contava um causo (verídico, deixando bem claro) pra me animar. Quando ela era professora da quinta série, tinha uma aluna que não gostava dela, aí ela achou por bem dar uma lição na pobre. Fez uma armadilha em cima da porta da sala de aula com uma lata de óleo e um barbante. Assim que a aluna entrou, ela pediu pra coitada puxar a cordinha e a menina levou um banho de óleo. Mas genz... minha vó tem um bom coração, viu. Não entendam errado. Deve ter sido a TPM

Outra coisa que ela gostava de me contar era sobre seus inúmeros namorados. Sei de uns quinze, todos muito respeitadores. Exceto um, Tunim, o bandido que acabou com a vida dela. Tunim trocou-a por outra, e como a doce Marga não é de deixar barato, resolveu se vingar: ficou sabendo que a nova namorada dele ia jantar na casa da sogra e queque fez minha vó?Cocô numa folha de bananeira pra jogar na chaminé de Tunim. E a doce criatura ainda foi conferir o que tinha acontecido, com flores na mão!! Mas ó... ela é uma boa pessoa. É sim. Acredito que tenha sido só uma crise de ciúmes.

Mais das verdades irrevogáveis de D. Margarida:

> Leite com manga mata

> Chupar uva e tomar vinho juntos faz engravidar(ela fez isso na lua de mel e voltou grávida...não preciso dizer mais.)

> Nunca jamais prender 'um gases' sob o risco de “dar nó nas tripa e nunca mais desdar” E isso ela segue à risca até hoje.

> Em hipótese alguma pular carnaval na quarta de cinzas, porque cresce rabo.

>Levar um canivetinho sempre comigo (eu tinha 5 anos quando ela me instruiu sobre esse assunto). Questão de segurança, dizia ela.

As mais recentes:

> Sobre Daiane dos Santos no duplo twist carpado: “Drogada”

> Sobre o atentado as torres gêmeas depois de ouvir quatrocentas vezes o que é um atentado terrorista: "Um 'motorista' não ver o prédio tudo bem, mas dois? E no mesmo dia? É muita coincidência..."

> Sobre reeleição da deputada Ana Arraes: "palhaçada essa política. Ela só foi reeleita porque tá naquela novela com o Zé trovão” (Ana Raio e Zé trovão- SBT)

>Sobre a animação de dinossauros do Fantástico "quem será o corajoso que foi lá filmar esses bichos, não?"

É isso ae genza, e tem muito mais que não caberia num só post. Acho que Dona Margarida merece um livro, não merece?

Feliz aniversário e obrigada por tudo, vó!! Se hoje sou essa pessoa que sou é por culpa sua.



Festa a fantasia na praia, aos 80 anos.

22 comentários:

Andrea Bettiati disse...

huahauhauahuha.....agora sei donde veio tanta lokura junta. bejossssssssssss

Kika disse...

minhanosasenhoradabicicletinhaquebrada!!!!! A sua avó é das minhas!!!!! Adogueiiiiii amigaaaaaaa!!!!

Kkkkkkkkkkkk
Temos que marcar um "chá das cinco"com 2 dedinhos de pinga. rsrsrsrsrsrsr

Paula disse...

Parabéns à D. Margarida! Com quem pude compartilhar, na infância, um pouquinho dos crústoles,sopa de bolacha maizena e café com leite,assistir luta livre na tv com ela descascando balas de framboesa para gente...De uma vivacidade incrível!bj

Fabi disse...

Hahahahaha... Agora tá tudo explicado!

beijos,
Fabi
http://depoisqueeudescobri.wordpress.com/

sueli disse...

ái Jizuizinhu. O que falar dessa senhora???
É a minha mãe. kkkkkk Parabéns pelo post. Tá ótchimo.e PARABÉNS manhêêêê

Dani disse...

Ju, sei lá como foi que descobri teu blog. Acho que indicação de alguém no tuí...

Menina, mas tenho rido tanto, que acho que vou suspender a terapia! A-do-rei o post da vovó malucona!!! Sua vida deve ter sido incrível ao lado dela... =)
Bjo

Anônimo disse...

Giu... chorei... de tanto rir!!! Sua infância deve ter sido o máximo!!!!
Se você lançar um livro sobre a aniversariante me avise, que não vou perder rs
Bjus
Érica Biondi

Daiana M. Santos disse...

Que Vovozona hein!!!
Paranéns a D. Margarida :)
Parabéns a vc por ter uma avó assim tão animada, agora ta tudo explicado.
Bjos

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

Sua avó é super figura! Adorei!!! Nossa, que histórias hilárias!! Morri de rir!!
Merece um livro não, uma enciclopédia isso sim!!!

Olha, descobri teu blog a pouco tempo e dou altas risadas com tuas postagens!! Teu jeito de escrever é super divertido!!

Não pare!!

bjão

Ana Násily disse...

GENTEEEE, VC ÉE MUITO ENGRAÇADA, CONHECI SEU BLOG ATRAVEZ DA BECA...TO SEGUINDO TA?!

Fabi Coltri disse...

Sensacional...
E viva Dona Marga!

Bjo grande.

:o)

Denise Lopes disse...

Que espaço gostoso de estar, desculpe mais já estou amando a insônia de sua filha kkkkk Você escolheu o melhor caminho para lidar com os problemas, vou ficar e seguir, beijos.

Lua Ugalde disse...

Acabei de entender tudo!!!
Sua vó deve ser uma comédia...é uito mais legal que avós de contos de fada!rsrsrs

Mári disse...

Que linda homenagem! Se aos pais os lembramos como referência, aos avós os lembramos com reverência.

Gostei do seu blog, vou virar assídua.
Um abraço!

Vó CECILIA (da Lulu e da Camila) disse...

Estou morta de vergonha. eu achava que EU é que era animada e prafrentex (falava assim no 'meu tempo'). Mas acabo de descobrir que sou uma caretona conservadora e cheia de não-me-toques. Beeeeeeeeeeem, como ainda estou SÓ com 74 milhas e meia rodadas, tenho mais 15 ou 16 pra me regenerar. Un bacione grande così, Nonna Marga!
X---------------------(º;º) --------------------X

nubianorma.oliveira disse...

Ela tá dormindo mesmo? e que eu tenho uma de 6 meses q tá dificil? Um dia passa mesmo?

Cél disse...

Já estava com saudade de dar boas risadas com esse blog maravilhoso !!! Depois de um tempo sumida e de uma fase turbulenta, estou voltando a postar e visitando os blogs queridos.
Parabéns e mega bjs para a sua vó super !
Dei muita risada com as histórias dela !!! Rsrs
Bjssss.

Marcella Nathaly disse...

Ah, bom, assim a gente começa a te entender...

=)

Lia disse...

Ta expricado donde puxaste tanto escracho... ;)
P.S.: Essa é a mesma vó que te cantava aquela música que rima urubu com c*?

♥♥ Thata ♥♥ disse...

Bom... tens a quem puxar né?
Imagina o que será de Lulu então!!

Bj

Juliana disse...

Agora entendi a veia cômica. Vem junto no DNA. Prabéns pra Dona Margarida.

ligia rosada disse...

aanaooo!!!descobri seu blog esses dias e amei! agora to vendo todos os post antigos mas esse foi demais!!! to chorando de rir!!!