quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Lulu sees dead people

Dizem que criar uma rotina é bom, é saudável, que criança precisa de rotina, blá blá blá... e agora que consegui criar uma (com direito a noites inteirinhas de sono)pensei: que vida mais sem graça é essa?! Quedê a adrenalina, quedê aquela emoção de começo de vida? Doze horas livres não é pra qualquer um não...

Essa vida fassia tava me dando tédio, então pra que facilitar se podemos complicar, gente?! Bora pra praia, porque lá, eu tenho certeza comprovada e autenticada em cartório que ela não dorme, nem por decreto. Acho que ela num curte esse ar grudento que vem do mar.

Então qui fumus, e adivinha? Saca inferno astral? O meu começou 2 meses antes do aniversário. Uma TPM devastadora, ataques de mau- humor da pior espécie, febre, dores abdominais, infecção urinária e inflamação no dente do siso. Mais? Pedreiros com britadeiras as 8h da manhã no andar de cima e martelos no andar de baixo. Mais? Marido a 140km de distância e Lulu acordando aos berros de 5 em 5 minutos-e divinhem quem tem que levantar pra requentar preparar a mamadeira 9 vezes por noite? o/

Qurem maix?!! Ela não só não acorda aos berros como CONVERSA com pessoas (offlines) no quarto.CRUZESSSS!

Calculem: eu, Giuliana, 30, sozinha, toda fisicamente fod#$%, arrastando o que sobrou do meu corpo pra pegá-la no berço e joga-la colocá-la na cama e ela batendo altos papos com sei lá quem !?!!?! Chico Xavier miabraça???

E esses seres dualém nos acompanham por toda a casa, inclusive tem uma tal de moxa(moça), que por sinal Lulis não curte muito, que veio junto com a gente de Jundiaí, porque ela já topou com a figura lá na sala de casa que eu vi, mas fingi que não vi porque meu lexotan tava em outro cômodo; Essa tal de moxa deve ser um fantasma de amplo espectro (entendeu, entendeu?), fantasminha banda larga, essa. Aí, chorando de medo (eu), disse pra Lulu: filha, vamos rezar (embora eu nem lembre mais como se faz isso) pra moxa ir embora pra casinha dela, ok? Comecei um pai nosso meio trêmulo e Lulis olhou pra traz balançou a mãozinha e disse “Tchau. Cabô”. Foi aí que eu senti na derme/epiderme/paquiderme o significado uma emoção denominada MEDO. Inda bem que minha privada tava por perto.

Tem vezes que ela fica olhando prum canto e rindo e eu pergunto: quem ta aí Lu? Ela diz: ‘minha mãe e um ninem’. Carai. To concorrendo com um spirtu. Não sei lidar com gente impalpável, viu. Mas com essas duas figurinhas ela tem uma enorme afinidade. Vá entender. Eu já num curto muito não. Ciúmes, acho.

Sem contar quando ela encontra o papaiéu (Papai Noel) no banheiro. Será que vale pedir presente pra ele nessas condições? Vai que eu pego ele de calça arriada, né? Por vias, nem pedi.

E quando ela acorda chorando apontando pra alguém? De noite? No escuro? Eu sozinha em casa com ela? Que nóis faiz? Chamo minha sogra pra me ajudar. É spirtu, mas é spirtu da família, mais confiável, numé? Dizem que não é pra gente ter medo de mortos e sim de vivos, mas me diguem? Porque tem uns gousts que faz ela chorar e outros rir? Será que existe bipolaridade no mundo dos mortos, Mister M?

Sabe, tenho evitado comentar isso com os outros, porque nessa idade que Lulu tá, a louca é sempre a mãe. Entonces...antes que eu seja enquadrada na catigoria minternem por esquizofrenia grau 9. Me calo e sofro. Só to falando assim pra vocês, mas é meio que segredo viu, procurem não espalhar porque não to sabendo lidar...

Só digo uma coisa, se minha zifia é médium, eu sou muito. Muito cagona.Ponto.

42 comentários:

Camila disse...

Então, vc é a pessoa mais bem humorada do mundo, mesmo diante dessas coisas. privação de sono é fichinha perto disso, me arrepiei toda e nem sei o que te falar... Dá pra te falar para ignorar tudo, fingir q nem tá acontecendo?? Quem sabe ela não tá fazendo para chamar a sua atenção?? Os bebês são muuuuito mais espertos do que as coitadas das mães. A Manu tinha uma amiga imaginária chamada "Poti", acredita?? Ela me contava altas histórias da tal da Poti, que até ia visitá-la no berço. (Me-do!). Mas, um dia, depois das minhas ignoradas, passou e nem sinal de Poti. Será que rola??
Boa sorte com tudo aí, querida!!
Bjos,
Camila
www.mamaetaocupada.blogspot.com

neliceabreu disse...

ahahahahahahaha
chorei de rir, espero q aki em coimbra não tenha fantasmas pra eu dividir minha filha com eles!!!! :)
bjkas pras duas

Roberta Lippi disse...

Ju, tá impagável esse seu post. Morri de rir.
Luísa também tem uns amigos imaginários, mas ela não fala com eles à noite, não, grazadeus.
Beijos

Desconstruindo a Mãe disse...

Pra isso que existe nosso amigo @LeoJaime... pra alegrar as noites insones das mães que ficaram habituadas a virar noites despertas agora que seus filhos dormem bem!!!

Beijo, te vejo no twitter, na madruga, claro!
Ingrid

Desconstruindo a Mãe disse...

Ah, lembrei... A Lalá conversava com o Dedé olhando pro teto do quarto dela, bem pequeninha... tinha 1 ano e pouco.

E o Caio gruta DUUUUUDAAAAA, o dia inteiro. Quem é Duda? E ele aponta pras paredes... Sabe o filme "Os outros"? Pois é... tem dias que me sinto assim.

E olha que quem faz escolinha de médiuns sou eu, a pinel da família.

Patricia Galante - Psicologa clinica disse...

Cara, você é uma figura mesmo!!! Não sei se to rindo mais de imaginar o papai noel de calça arriada no seu banheiro, ou de te imaginar se borrando de medo dos spirtu que sua filha curti!! rs

Enfim, boa sorte aí... e fica fria que um dia isso passa!!

Fabi disse...

Pode ser pra chamar a atenção, pode ser só uma fase ou ela pode ser médium mesmo... O que importa é que eu tb sentiria medo no seu lugar, hweheheh...

beijos,
Fabi
http://depoisqueeudescobri.wordpress.com/

Lígia Castro disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!
SOCORRO!
MORRI DE RIR!

lu kowalski disse...

Olhaaaaa, eu ja passei por isso DUAS vezes, é amiga, esse negócio de ver gente morta é meio q rotino pros pequenos (acho eu)...minha filha qdo era baby vivia conversando com uma "vózinha" e com um "menino"...eu heim....mas morria d medo da moça da escada, q segundo ela não deixava ela descer pra ir no banheiro...eu, mãe descolada q sou, até tentei fazer contato, tipo tábua Oija...mentira, foi no berro mesmo:"Ei, vc ai, fala comigo"!, mas nada, acho q os espritus só gostam de falar com as crianças...SOS Chico Xavier...agora q cresceram ninguém vê mais nada, de repente a Lulu tbm pare de fazer contatos imediatos qdo tiver maiorzinha...oremos!

nerdiando disse...

A MC dá umas destas tb. De quando em quando ela olha para cima e grita: "Tô com medo da bluxa... Bate na bluxa Finando!" Se tem uma coisa que me deixa mega-cuzão é isso! Eu procuro dar uma de pai macho e mando a bluxa embora aos berros e fazendo cara feia. Ai eu pergunto baixinho (com o cú na mão): Ela foi embora nenê?

Mary disse...

Eu sempre leio seu blog, mas nunca havia comentado. Mas hoje não teve jeito. O melhor post de todos os blogs maternos está aqui hoje! To rachando de rir!

Clau disse...

Hahahah Ju!... Essa menininha não é normal...
Mas sabe que minha gata faz a mesma coisa. De repente ela fixa o olhar num canto da sala, geralmente no alto das paredes, arregala os zóião amarelo e fica lá olhando sabeseláoquê! E eu olho, olho, torcendo pra ver um mosquitinho que explique o comportamento, mas não vejo nada. Eu, hein!

www.lauconfessions.com disse...

muito bom como sempre certeza de sair rindo daqui
bjus linda noite adoro vcs

Milka disse...

hahahahahahaha
SOCORRO!! TO COM MUITO MEDO!!
Mas o post de hoje tá ótimo,kkkk

beijus

Giuliana disse...

Giu, adoro seus posts... entro todo dia esperando para ler um novo...
meu filho tá com 7 meses e só de pensar em passar por isso já morro de medo! tdo bem q há mto tempo eu via coisas tbém.. mas está repreendido em nome de Jesus!
procure orar com Lulu todos os dias.. criem o hábito.. além de estar em comunhão com Deus é o momento de vcs duas estarem juntinhas.
bjos

Vanessa Cavasotto Leite disse...

kkkkkkkkkkkk sua louca!
Guria q medo.

Marcella Nathaly disse...

Vixe!
Será que o motivo da minha Lulu passar o dia dando tchau pro nada também é uma invasão de malassombros na minha casa?
Ai, Jisus!
=)

Daniella disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.... nunca ri tanto lendo um post. cheguei a chorar de rir, muito bom!!!!!!

CECILIA THOMPSON disse...

JU, sinto sua falta! Beijo, me liga.

Ana Cecilia disse...

Ju,

O Arthur acorda a noite da mesma forma... sabia que eu nao tinha pensado por esse lado..hehehe agora quero ver qual vai ser a minha reacao a noite quando ele acordar agora.. hahahahah

Outra coisa, como é a rotina que vc adotou para a Lulu dormir a noite toda??

Beijos!!
Ana Cecilia
anacecilia.vazquez@gmail.com

Anônimo disse...

Achei lindo o momento de vc orar com ela,levei isso a sério e acredito que foi a solução...as crianças são muito sensíveis ao mundo espiritual,por isso como autoridade sobre a vida deles devemos sempre orar e abençoar nossos filhos! A Lulu é linda e uma garotinha muito especial!

Juliana disse...

Às vezes eu penso se tu é tão engraçada assim ao vivo? Eu choro de rir com teus posts. Nossa senhora, que criatividade. E sobre os fantasmas: eu fui uma criança intima deles, e hoje nem tchum, a conexão acabou na primeira infãncia mesmo. É natural, criança tem o canal muito aberto mesmo.

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

Para tudo! To rindo pacas! Vc é hilária!!!!! Li com meu marido e choramos de rir!! Até acordamos o Gui, viu!!!

Emeli disse...

Xiii a sogra tá vindo visitar com mais frequencia!!!! Ou já vinha antes mais estava faltando a xiquinha xavier pra contar!!!
Quem falô que sogra boa e sogra morta... vai mexe com a Terê!!!!

Lua Ugalde disse...

Nossa Giu, tu vai me matar de rir um dia, isso se vc não morrer de medo antes!!!
huahauhauhau
Essa lulu é uma figurinha mesmo, agora resolveu arrumar amigos gasparzinhos...estou pensando em evitar uma conversa dela com o Heitor, ultimamente ele tem rido para o nada, mas tenho "encontrado" algo pra justificar a graça.
To com medo dele se inspirar na Lulu e vira amigos pra sempre dessas coisas invisiveis!

Bjos!!!
Ah, tem selo pra vc lá no blog!

(Mamãe) ~Pinel disse...

Caramba! Dizem que as crianças são mais propícias a ver/sentir/conversar com espíritos! hehehe

Pode ser imaginação, mas pode ser verdade também! Mas que eu também ficaria com medo... aaah... isso eu ficaria! hahaha

Beijinho!

Anônimo disse...

Essas "visitas" que os pequenos recebem até ajudam as mães atarefadas, "eles" cuidam, protegem e brincam com nossas criancinhas, inclusive, naquelas horas que a gente deixa passar despercebida... minha pequena também tem esses "amiguinhos" e como a sua parece só fazer bem... mas você é impagável, me acabo de rir com seus posts - rsss

Van disse...

Giuliana, a Lulu tava dormindo mesmo?? Qual o milagre?? Estou em busca de um... bjsbjs

demalabebeecuia disse...

menina, adoro seus posts! que bom que Lulu resolveu dormir, mas que bom que mesmo assim as aventuras dela continuam rendendo histórias para este blog (que, aliás, eu li de cabo a rabo numa noite de insônia).

Daiana M. Santos disse...

Ai menina que coisa hein.. será que eu vou passar por isso? que medo!!! kkkkkkk

Ta perfeito o post :) como sempre com muito bom humor... adorooooooo

tem selinho p/ vc no meu blog!
Bjos

Débora disse...

Giu, minina, conheci seu blog ontem... achei o máximo, vc é super alto astral, eu no seu lugar já teria surtado... Tenho uma filha de 2 anos... posso dar um conselho? Nao sei se perdi o seu post, se é q teve... mas vc já tentou coloca-la para dormir com vcs, tipo cama compartilhada? Tenho váááárias amigas que são de um forum www.e-familynet.com que, nao conseguiam dormir e aderiram a isso, os filhos dormem que é uma beleza, sentindo os pais por perto, pode ser q resolva, tentaí...
Beijos, e pode ter certeza que virei aqui SEMPRE!!
Meu e-mail e orkut: debora.zanchin@uol.com.br

Mãe da Alícia= Aline disse...

Olá querida!
Te dei de presente um selinho. passa lá no blog!
Estou te seguindo!
beijos

Anônimo disse...

Muito bom o post. rachei!
kkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Te sigo desde o dia que vi sua apresentação no GNT... Seu blog é maravilhoso e vc sem dúvida alguma tem o dom com as palavras. Enfrento um problema sério e tenho que te confessar que seus textos são um conforto para mim. Gostaria de trocar e-mails com você (já que não tenho blog). Será que você poderia me mandar um e-mail? rs.... Meu nome é Carolina e o meu e-mail é carolina@fabricadelembrancas.com Beijo grande

Dra. Cecilia Thompson, psicanalista disse...

Cara Giuliana: não tenha medo nem se preocupe. Crianças muito pequenas e animais são mais sensíveis (ou ainda estão 'abertos') às manifestações espirituais. Quando vamos crescendo, nossa soi-diant 'racionalidade' vai fechando todos esses canais. As 'personalidades' que a Lulu vê não são más - talvez a tal 'moxa' tenha uma história mais triste ou até agressiva, mas não representa nenhum perigo. Eu mesma, quando pequena, via espíritos e conversava confortavelmente com eles. Mantive amizade com uma menina até os SEIS anos, quando fui 'proibida' de falar com ela (ela era super malandra e uma péssima influência, segundo meus pais - e eu já não era fácil), e ela mesma me disse que iria embora para não me criar problemas. Veio pela última vez no meu aniversário de seis anos, brincou com as crianças, fingiu que comeu bolo, derramou guaraná caçula na mesa (não tinha ninguém perto!) e até mamãe disse "garanto que foi a Lily". Tenho saudades dela até hoje. Uma pena que percamos essa sensibilidade. Orar com ela será sempre bom - é um momento bonito, eu faço isso com Lucas e Camila - mas não tem nada a ver com as manifestações. Preocupe-se apenas se ela chorar - daí peça DELICADAMENTE para a pessoa se afastar, porque assustou a menina. Sinceramente, beijos para você e Luluzinha. Afortunada ela!

Anônimo disse...

Você é cômica!!! Muito bom texto!!!
Sabe que eu via "seres" qdo pequena...minha mãe lembra disso em detalhes, e eu?! Nunca mais vi graças a Deus!!!Creio nessas coisas, não duvido que ela veja de verdade, mas não se preocupe que passa...ou se não passar...vcs se acostumam mesmo!!! kkkkk, beijinhos, Renata.

Tais Vinha disse...

Ju, sou da terceira geração de uma família de espíritas. Ver espírito é como comer arroz com feijão nessa louca família minha. Mas eu te confesso: morro de medo! M-o-r-r-o. Eu já vou avisando os do lado de lá: nem vem com história pro meu lado que não tô a fim de prosa. E quando eu me for, ninguém me chama que eu vou querer sossego. Se conselho servir pra alguma coisa, leva sua pequena pra tomar passe. Arrume um centro espírita que atenda criança. São uns passes superlevezinhos, que ajudam bastante, inclusive no soninho. E quando rolar um momento poltergeist, reza, zifia, reza e diga que essa filha não lhes pertence. Rs! Bjs!

PEDAÇO DE MIM disse...

Comecei a te seguir desde a sua conversa com a Astrid. Imediatamento procurei o seu blog. Que bom que agora ela dorme.. rs... Quando aos novos amigos, acho que podia entrar na onda dela e no final da brincadeira, fazer uma oração, nem que seja você sozinha!
Boa sorte para vocês!

Desperate Lucy disse...

Seu blog é ótimo!!! Morri de rir com esse post!!! Você realmente tem o dom de expressar o que está sentindo... Sobre o assunto, minha mãe conta que até os meus 6/7 anos conversava com uma moça e moço (dizia que era meus pais) mas eu não lembro disso, com essa idade eles ainda são anjinhos... Rezar é a melhor saída mesmo... Boa sorte!!! :)

Fernanda disse...

A minha ainda dá tchau e manda beijo "pro teto". Quem tá aí, Valentina? "piupiu" (pintinho amarelinho), "tata" (bisa)... e por aí vai!

Luciana disse...

Menina, aconteceu algo super parecido comigo ontem. Uma leitora me disse que vc tinha escrito um post sobre o assunto e vim correndo ler! Que coisa incrível isso, hein? Mas dizem que criança tem mesmo sensibilidade pra ver estas coisas...

No mais, adorei seu blog!

Beijos,

Lu

Dany Pires disse...

Sempre acompanho os posts, mas é a primeira vez que comento, pq esse é um assunto que muito me agrada. Isso é muito normal com crianças, algumas maes acham que sao anjos ou amiguinhos imaginarios, assim como os vivos (encarnados) existem aqueles em que ela se agradará e outros que não. Existem pessoas que crianças nao gostam e que nao vao de jaito nehnhum, a mesma coisa acontece com os espiritos. Isso é se for mesmo espiritos. Vc pode tb projetar coisas com seu medo. Enfim, temos medo do que noa conhecemos, por isso pegue livros pra ler, verá que nao terá motivos para ficar com medo. bjus