sábado, 4 de dezembro de 2010

Há bailes e bailinhos...

Ontem a noite, alguns dos meus (per)seguidos do twitter estavam agitando ir pruma festa chamada Bailinho. Ai que vontade que me deu. Não da festa em si, mas de sair pra qualquer lugar sabe, tipo cachorro quente na conveniência com Bealtiful Day no som do carro, pra mim já tá valendo. Bateu aquela nostalgia do tempo que eu era gente que saía. Mas tenha filhos e o bailinho será outro.O daqui ontem, foi até raiar o dia.

A vontade bateu dicumforça mesmo as 3:30h da manhã, hora que Lulu acordou e NUNCA MAIS DORMIU. Sab, só de saber que há tanta vida lá fora e aqui dentro sempre como uma onda no mar, meu deu um negocinho no olho e caiu uma lágrima por minha abatida/envelhecida and maltratada tez.

But, enfã, insônia da pior espécie. Tentei a usual mamadeira, mas Lulis não quis saber. E quando a insônia atinge esse patamar sórdido, ela é chamada de Luluvibes; apelido carinhoso que minha amiga blog-tuiteira mãe de 3, Camila* deu a essa insônia. Agora, no tuí, quem não dorme sofre de #luluvibes.

Aí tentei argumentar, o quão carinhosa uma mãe acordada no meio de um sonho de ação (dos bom) consegue ser, e expliquei: "porra filha, sabe aquele Cara que inventou sol e lua, o sal e o açúcar, o Tonico e o Tinoco, o preto e branco, o arroz e o feijão, o Tarcísio e a Glória? Então, ele inventou também um negócio chamado dia e outro, noite. O dia foi feito pra ser brincado e a noite pra ser DORMIDA; ou pra ir em bailinhos, dependendo da idade e/ ou condições que se tem. E como você é menor de idade, bora dormir, criatura!

Só fiz gastar saliva; ela vira pra mim, pega o controle da TV vai andando em direção a sala dizendo levijão, levijão...(televisão). Aí fui, meiqui cambaleando pra sala, às 4h da manhã, trajando calcinha e camiseta de vereador derrotado (customizada porém, pra não perder a sensualidade.(oi?)), com o DVD da Galinha Pintadinha 2 na mão, batendo o pé no chão no ritmo de “Fli flai fli flai flu, tumbaaa, tumba lala tumba lala vista.." e assim fiquei até a hora em que chegou aquele cardume/manada/alcatéia/matilha /revoada de Bem-te-vis na minha janela, só pra esfregar na minha cara que o dia tava clareando e eu ainda nao tinha dormido. Nessas horas tenho vontade de pegar meu estilingue mergulhar numa piscina de pedras e brincar de acertar a cabeça de 1 por 1 desses filhos duma pátria mãe gentil. (Ibama querendo meu sangue e greenpeace minha cabeça rainau).

Às 6h me peguei sentada na varanda enrolando um baseado tomando um copo de leite morno (porque se tem coisa pior que leite puro, é leite puro e morno e eu curto um auto-flagelo em momentos como esse) e pensando que uma hora dessa o mundo está mundando, as pessoas pessoando, a vida vivendo lá fora e eu aqui, vendo o sol nascer quadrado (por causa da rede de proteção) e lembrando de quantos amanhereces liandos eu já presenciei ao longo desses 30 anos, em ocasiões as mais diversas possíveis, como deitada num gramado pós- rave, ou correndo na garupa de uma Harley ou meditando em lótus no pico (p-i-c-O) de uma montanha em Santiago de Compostela—ou, corta pra realidade -->no banco de trás do carro do meu pai, quando ele ia me buscar no clube; sim, porque acho que a última vez que eu lembro de ter ido pruma balada forte, eu tinha uns 12 anos no aniversário de uma amiguinha da sexta série no clube da cidade. Agora tes pergunto: Isso é viver?

Bom, lá pelas 8h da manhã, tento pela quatromilnovecentasetrinta vezes ir dormir com um único pensamento na cabeça:

AMANHÃ VOU LEVAR ESSA MENINA PRO RECALL NO INSTITUTO DO SONO, SEM FALTA! Daí ela me sorri e eu esqueço de tudo. Isso é ser mãe. Isso é viver!


*www.mamaetaocupada.blogspot.com,

26 comentários:

Camila disse...

Isso aí! Infelizmente, sou a responsável pela origem da #luluvibes no Twitter. Mas, não queria, não, preferia que vc dormisse longas e deliciosas horas ouvindo a respiração da Lulu ou mesmo que fosse numa cama compartilhada. Enfim, bora pro bailinho que eu fiquei com vontade! Ou o dogão com slurpee no 7 Eleven (velha, eu? Oi?) já tá valendo...
Sou alucinada pelo seu blog!
Bjos mil,
Camila
www.mamaetaocupada.blogspot.com

Andrea Bettiati disse...

o que vou escrever pra vc gemula? que eu durmi a noite todinha e Lulu acordou as 10:00 (da manhã ok?) ? se eu escrever isso vc mimata djá.....hauhauahuaha.....bjusssssssssssss

lunaolargachupeta.blogspot.com

Vanessa Cavasotto Leite disse...

Se eu tivesse muito $ ou tivesse um spa eu te daria uma semana de relaxamento de presente!

Q medo do Lucas ter #luluvibes.
É contagioso? kkkkkk

Adorei o post.
Adoro o jeito como escreves.
Adoro o senso de humor que surge do sistema de defesa, vem lá do fim do limite da paciência, se levanta num sorriso e consegue rir de tudo.

Beijos
Vanessa @nessadobeto
http://www.babydanessaedobeto.blogspot.com/

Kelly Resende disse...

Sabe que as vezes qdo saio um pouco fico vendo as pessoas na rua e penso a mesma coisa: caramba, ainda existe essa vida animadissima... bate uma saudade de sair com os amigos, descompromissada, sem cansaço nem hora pra voltar.
Mas enfim, perdemos isso por enquanto, mas ganhamos nossas maravilhosas né.
E essa insonia da Lulu? Tão pequena e já com insonia? Clara acorda muito, mas mama e dorme logo...

Ah, dá uma passadinha lá no meu blog, tá rolando um pequeno sorteio, participe!
Beijos

Lizy disse...

Mulherrrrr...numépussivi...nada adianta? E o pediatra não achou a solução ou não acredita em vc? rs
Vou mandar um sono do Oscarzinho pra ela viu...
Mas tb a programação aqui é pesada, horas de atividades físicas na quadra, play, praia...pá pum...deita e dorme, acorda só qd a chupeta sai da boca e dorme na hora...
Já tentou rezadeira?
Boa sorte, tô te seguindo no twitter...eu durmo tarde de palhaçada mesmo...rs, tá vendo...qd a gente pode não quer...bjs

Renata disse...

caraca, sol na rave, dogão no 7 eleven...tb queroooooooooooo!
Mas vc disse tudo: isso é ser mãe, um sorrisinho de nada e a gente esquece tudo. Só que no caso, tenho dois chorando nesse exato momento: um no colo do pai e outra no colo da vó...então nesse momento posso querer fugir pra rave agoraaaaaa!!! rs!
beijos

sueli disse...

ahahahahahaha !!! você está se superando a cada dia.
Já falei: põe essa menina no jiu jitsu, karatê, sapateado, kung fu . Mas, se conselho fosse bom; ninguém dava, vendia. rs
Deixa ela comigo até os 18. depois eu a devolvo, quanto ela estiver querendo ver os bem- te- vís, deitada na relva, pós have, cuma puta sede e uma ressaca daquelas.
Topas? beijos nas duas

Débora disse...

Saudades da rave, dogão na madruga e de dormir atéééé 12h00 kkkk
Amo seu blog!
Bjao procêis!!

Eu e minhas três bonecas... disse...

Adoroooo os teus posts! Tinha que ter mais de um por dia!
Beijo!
Gabi
minhas3filhaslindas.blogspot.com

Barbara disse...

hahaha!!! Chorei de rir, mas bateu um medo infinito. Jonas ja me acorda milhoes de vezes por noite e o rapaz tem 7 meses. Quando ele for capaz de andar ate a TV e liga-la... Me-do.

Barbara - www.baxt.net/blog

Fernanda disse...

Giuliana, Já li vários blogs de mães, mas o seu é o mais engraçado da blogosfera materna. O que é isso, quase fiz xixi na calça enquanto amamentava o Antonio... Obrigada por me proporcionar umas boas risadas nesta fase tão boa/difícil das nossas vidas....
Beijão e espero que a noite seja boa!!!

Lua Ugalde disse...

Poxa, perdi esse papo do Bailinho...ainda bem, pq iria ficar deprê por não poder ir tbm.
mulher, acho que o Heitor está tendo aulas virtuais com lulu, ele agora inventou de acordar às 3h da manhã com #luluvibes total!
como compartilhamos a cama, acordo com ele soprando na minha barriga e rindo, pense na energia.
vc é guerreira viu. Minha sanidade mental já está comprometida por conta dessas noites acoradadas..rsrsr
BJoss, me twitta!

www.devaneioslunares.blogspot.com

Tuka Siqueira disse...

Ri muito com esse post, mas confesso que não acharia a menor graça se fosse comigo.
Quanto à bailes e bailinhos, também não sei mais o que é isso há... bom, deixa pra lá!
Minhas filhas dormem a noite toda, só inventam de ter uma #luluvibe quando estão dodói, mas a´é natural, né?

Beijos

flavia disse...

Só penso em uma coisa: rir para não chorar...minha amada filha tem duas coisas parecidas com a sua, a primeira letra do nome L e falta de sono "a noite". Sofro tbm com isso, se você conseguir a recall da sua com as mesmas especificações e conteúdo me avisa que farei o mesmo. bjs

Anne disse...

Ju! tem dia que a noite é phoda!
morro de saudades da night qdo eu ficava acordada pq queria!
bjo

Dea, a mamae da Nina disse...

cansa so de imaginar suas noites em claro, Dio Mio!!!! Pqp!!! Ja tentou antialergico sei la......Homeopatia?? Pq olha sem palavras p situaçao, bjs e quem sabe descanse

ju disse...

hsdoauhduia
dica: nao passe bob esponja nunca p ela
http://blog.cybershark.net/freakmothers/2008/01/02/turno-macabro-obrigada-bob-esponja/

Raquel Urbana disse...

Muito legal seu blog, é a primeira vez que faço um comentário aqui.
Bem, eu tenho um "bebê" de 2 anos, ele só foi dormir a noite toda depois de 1 ano e meio, mais ou menos, compartilho da sua dor...rs Crianças deveriam vir de fábrica com um botão "off", será que dá pra reclamar com o fabricante?! Boa sorte com a Lulu. OBS: Já sou fã dela...

Mamma Mini disse...

Gente que engraçado, ri muito... ah adorei o luluvibes, vou adquirir no vocabs aqui de casa...rs
boa sorte aí no instituto do Sono...rs
bjs!

Tais Vinha disse...

Não sei de onde vc tira tanto bom humor! Minha irmã é portadora de um filho com terror noturno (ou qualquer outro termo que descreva acordar de madrugada berrando como um carneiro sendo abatido) e a coitada é surtada! Acho que as horas de sono que lhe são roubadas alteram o humor dela de uma forma que ela deveria andar com um aviso: mantenha distância. Força colega! Logo sua bebê vai saber enfiar sozinha o dvd na tv e vc vai conseguir tirar suas sonecas, nem que seja no sofá. Filho que não deixa mãe dormir é um dos principais motivos de infanticídio. Ou deveria ser. Rs! Bjs!

Daiana M. Santos disse...

Oi linda tem selinho no meu blog p/ vc :)

Bjos

Coisas de mãe disse...

hahahah fazia tempo que não apareceia por aqui!! Achei que ela ja dormisse e que talvez o blog até tivesse mudado de nome! bom, pelo menos teu texto contia ótimo! Fieui com pena na hora do leite morno... não sou nada fã de leite!

beijos e bom descanso!

:)

Pati
http://coisasdemae.wordpress.com

Beatriz Zogaib disse...

Olá... É a primeira vez que entro no seu blog e não tem como não achar que vc tá ficando louca... rs
Bem, eu também passei muitas noites sem dormir, muito por causa da cólica. E, meu filho, até hoje (sem cólicas), tem dificuldades para relaxar e embarcar... Visitei 7 pediatras por causa de cólicas, vc visitou também por causa do sono (desculpe, mas não achei post falando disso e fiquei curiosa!)?
A verdade, cá entre nós,é que não somos vítimas, mas mães! Acho que cada pequeno tem um ritmo mesmo... Te consola?
abs,
Bia (www.vidadamami.blogspot.com)

Aninha disse...

Olá!!! Bem, primeiramente quero lhe parabenizar pelo seu enorme bom humor apesar dessa situação que sei não ser nada fácil.
Apesar de eu ser childfree (não querer ter filhos), crio uma sobrinha de 5 anos e como criança funciona. Durante algum tempo minha sobrinha não dormia...era triste.
E além disso, eu tenho insônia desde os 20 anos (há 5 anos).
Creio que você deva buscar um tratamento para sua filha (o que com certeza você já fez ou deve estar fazendo) e principalmente, cuide você!!! Não acho que voc~e é louca. Quem dorme pouco ou não dorme, entende muito bem o que é ver mais um dia clarear e nada de dormir. Bate um desespero.
Continue firme na sua empreitada de escrever o que passa, pq sem dúvida é um ótimo meio de aliviar a situação.
Boa sorte e Tente dormir!!!! rs

Aninha Zitenfeld

sueli disse...

Ôoooo !!! kd blog novo? estamos esperando.
Fast please. kisses
POSTA, POSTA, POSTA...

Gulli disse...

Ju
tem como impedir o ctrl c , ctrl v no blog
assim te assegura mais desses seres insanos.
qq coisa me fala que eu te ajudo.
amo seus textos os originais que vem do coração das noites em claro...rsrs
beijos
Cá e Lá