segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Lulu não dorme, o plágio.

Ontem aconteceu uma coisa chata chata chatíssima de se acontecer com alguém.Descobri que esse blog que vos fala foi DESCARADAMENTE plagiado por uma tal de Fabiana Gomes. E não para por aí, além do blog, ela plagiou também minhas frases no Facebook, assim como meus 'tuíts'. Foram todos semvergonhamente copiados pela distinta senhora, inclusive a minha BIO do twitter. Ou seja, eu tenho um clone!


Foi através de um alerta de uma leitora minha, a Fabíola, que fiquei sabendo dessa patacoada toda. Cliquei no link que ela me mandou para conferir e fiquei estarrecida, chocada e passada com o que vi. A maioria dos meus textos copiados e colados, na íntegra, no blog dessa Fabiana e assinados como se fossem de sua autoria.


Juro que na hora em que vi, meu sangue ferveu. Xinguei, me revoltei, me chateei pra caramba, ainda mais ao ler os comentários elogiando o texto dela e ela, na maior cara de pau, agradecendo. Escrevi um comentário no post dela, ou melhor, no MEU post, dizendo o quanto eu tinha ficado surpresa e chateada com isso.No minuto seguinte os posts, assim como meu comentário já tinham sido deletados (porém, se alguém duvidar da minha palavra, os posts ainda podem ser encontrados na memória cachê do Google, é só dar a busca)


Virei o cão e fui botar a boca no trombone. Fui ao twitter, denunciei a louca, ganhei incontáveis retweets e novos seguidores, e ela ganhou merecidos blocks.

Gente, compreendam que é naturalíssimo nós, mães blogueiras, invariálvelmente escrevermos sobre o mesmo tema, porque não tem como fugir dos assuntos que englobam a maternidade, certo?Acontece também de usarmos as mesmas palavras, os mesmos jogos com as palavras, ou os mesmos termos, porque conversamos assim pelos msns da vida e tornou-se uma linguagem natural entre nós blogueiras, um dialeto próprio, diria. Não existem donos, proprietários para essas palavras inventadas.Mas daí a copiar o texto na íntegra, é muita sem-vergonhice, não é? É sem-vergonhice também, mas acho que acaba sendo mais triste do que anti-ético, enfim...



Ontem quando eu estava no auge da minha ira, recebi uma mensagem da minha amiga Vanessa que dizia assim "Ju, pensa no vazio dessa pessoa, ter que pegar as suas palavras pra descrever a vida dela e de sua filha”. Aí, caiu minha ficha eu passei do sentimento revolta para o sentimento dó. Peninha mesmo, sabe?Uma pessoa ter que ' pegar emprestado', vamos chamar assim, os MEUS sentimentos, o MEU pensamento, as MINHAS palavras, pra falar sobre a própria vida. Que própria vida? Será que ela tem uma vida própria?


By the way, esse incidente me rendeu inúmeras mensagens de carinho e apoio, além de vários novos seguidores elogiando o meu texto, que eu serei o-bri-ga-da a agradecer a minha plagiadora oficial Fabiana Gomes, pelos novos amigos e leitores que ganhei durante esse episódio.


Fabiana, te desejo um 2011 repleto de acontecimentos só seus, sentimentos só seus, palavras só suas, e uma vida inteirinha só pra você. Não seria ótimo? ; )


Obrigada pessoas queridas, Ingrid, Lu Brasil, Luana Ugalde, Rodrigo Soriano, Dennis, Emeli, Pai, Draílton, Vanessa do Beto, Calu, Camila, Anne.... entre tantas outras que me deram aquela força.



Obrigada e aguardem o post da virada! E lembrem-se, o original ,vocês só encontram aqui!´


PS: postarei se encontrar tempo, porque adivinhem quem está varando noites e dias intermináveis no maior pique? Quem quem quem? Lulu- a- verdadeira. Rá!

37 comentários:

.daisy. disse...

CARACA, mas até as frases do Facebook e a bio do twitter? Que medo dessa pessoa, vixe!

Anônimo disse...

Oi Giu... li o "acontecido" pelo fb, mas não escrevi antes por pura falta de tempo...
Mas realemnte só nos resta sentir pena "dessazinha", né?
Bjus e feliz 2011!!! Mais sucesso para vc!!!
Érica Biondi

Malu contra a ALERGIA ALIMENTAR disse...

Fiquei sabendo por acaso do acontecido pela Fabíola e até comentei , nossa blog é uma coisa tão pessoal , tãoooooooo nosso..

eu pelo menos criei um pra que pudesse não estourar quando os momentos não fossem bons..

Enfim , o ditato cada cabeça uma sentença..

prefiro escrever errado , escrever sem sentido , mas ser eu mesma..

FELIZ 2011 !!!

Patricia Galante - Psicologa clinica disse...

olá...

A única coisa que consigo pensar sobre o que está contando, é que vocêé realmente uma pessoa iluminada, pois não é pra qualquer um ter um clone andando por ai!! Pra ela usar seus textos, é porque só conseguiu se achar em você, ou seja, olha a quantidade de pessoas que você pode estar ajudando!!!!

Tomara mesmo que ela encontre uma forma de se expressar que seja só dela, mas use isso pra reforçar o quanto você é especial!

Um beijo e continue escrevendo...rs Me mato de rir com seus textos!!!!

Carol Garcia disse...

incrívelmente incrível como tem gente sem noção de ética...
mas vc se saiu super bem.
pobre criatura essa, que nem vida própria tem.
bjocas

Aretha Ferreira disse...

Realmente uma pessoa como ela só pode ser digna de dó pq não serve nem para escrever sobre a própria vida.
Gosto muito do seu blog e sou seguidora do seu twitter tbém pois em muitos casos me identifico com as situações que vc vive com sua filha.
Parabéns pela maneira de escrever e continue assim...ÚNICA.
Um ótimo 2011 pra vcs.
Bjs

Marcella Nathaly disse...

Sem comentários, Ju. Um absurdo. Mas realmente é preciso não ter vida própria para fazer isso, porque qualquer um que tenha um filho já tem assuntos suficientes para contar, não precisa plagiar ninguém.

E Lulu, voltou a não dormir? De volta a rotina, então...

Já deixo meus votos de feliz 2011!

Beijão!

Lia disse...

Fiquei de cara quando vi que tinham te copiado, porque normalmente os textos mais suscetíveis a cópia são aqueles mais genéricos, sobre maternidade, amor de mãe, sem nomes. No caso da Fabiana ela não apenas copiou seu texto, mas quis ser vocÊ. É muito triste mesmo.
Bjolas

Uma Mae das Arabias!!! disse...

Ju, tbem tive meu blog clonado, fiquei tao p, mas tao p, que entendo todos os seus sentimentos.

Forca ai, e qualquer coisa #tamujunto.

Beijos pra vcs e fiquem com Deus

Barbrinha

Milka disse...

nossa que coisa!!
eu não sabia dessa história ainda, vc deve ter fervido de raiva,meodeus!
é muito triste isso.

beijos pra vcs e tamojunto.

Dani Maciel disse...

Giu!!! ela pode até tentar, mas igual a vc IMPOSSIVEL!!!BJ

Desconstruindo a Mãe disse...

Miga,

Uma coisa é certa. O poder das #twitmães não é algo que se acha facilmente... a inveja, a vontade de saber escrever bem como tu e as outras que ela copiou, só mostram que é preciso ter conteúdo e criatividade pra se destacar.

Desculpa, mas pena dela não sinto meeesmo. Porque ela poderia ter dito que tu soubeste falar muito bem sobre sentimentos que ela também tem, que é incrível alguém poder colocar em palavras o abstrato. Nem reconhecer isso ela soube.

Ladrão é ladrão. E a eles, a lei!!! E a ira das mamães blogueiras, rsrsrsrs!

Beijo, lindona!
Ingrid

Kari disse...

Ih, gata

Isso daí é (infelizmente) um caso nada raro de loucura stalkiana. Dá um medo gigantesco quando se descobre que gente louca tá sempre mais perto do que se imagina... Tomara que ela não 'reincida' ou sei lá. De novo, nunca confie nos crazies da vida.

Beijo pra vc e pra Lulu (acho o blog hi-lá-rio)

Anônimo disse...

Oi, Giu!

Acho que meu espirito nao e tao evoluido e nao consigo sentir do de alguem que esta roubando o seu trabalho.

Acho que no começo o blog pode ate ter sido criado como algo despretencioso, um desabafo de mae, mas agora tambem e seu filho, fruto da sua imensa criatividade e talento.

Infelizmente nao ha tanta informacao qnto a processos por direitos autorais na internet, mas acho que isso deveria ser levado a diante, ate mesmo porque pode voltar a acontecer com outros fakes.

Ja li varias pessoas aqui dizerem para vc publicar um livro com esse conteudo, tenho certeza seria um sucesso.

Em uma coisa eu concordo integralmente: isso so mostra mais uma vez como seu texto e cativante e que o blog esta bombando!

bjos,
Erika Didi

Dani Rutt disse...

estou criando um blog para poder desabafar, pois sofri de depressão pós-parto e agora quero falar sobre o assunto. Minha filha tem 2anos e 4 meses. Visite-me danidepre.blogspot.com estou precisando de conselhos e amigas.

Paula disse...

Uma coisa é ler e se inspirar, achar legal, eu mesma confesso que conheci esse mundo atraves do seu blog e depois que comecei a acompanhar o seu criei um pra mim pq achei uma ótima forma de desabafar, mas daí a assumir a sua vida isso é no minimo revoltante. Voce é unica. Ninguem escreve como vc e se alguem chegou ao ponto de querer ser voce é pq vc arrasa mesmo. Vc tem razao de ficar brava, mas realmente oq que a gente sente é pena de uma pessoa que precisa se apoderar das experiencias de outra pra criar um espaco. Nao deixe q isso te atinja. Um beijo e q Lulu duma bem ano q vem

Marcela lusia disse...

nossaaaaaaa
não sabia desse acontecimento.imagino como vc deve ter ficado!!
e essa tal de fabiana é de ter dó mesmo viu!!
beijos querida e bom 2011 pra vc e familia!!!

Crisminiaturas disse...

A única coisa que me ocorre é sentir dó, pena mesmo, a pessoa que tem a vida tão vazia à ponto de preencher com as suas experiências merece o que?
Não existe castigo maior que não ter uma vida própria.

Rodrigo Torto disse...

Eu li o agradecimento ao Rodrigo e fiquei todo feliz...mas meu sobrenome não é Soriano então entristeci.... kkkkkkkkkkkkk

Beijos!

Naiara Krauspenhar disse...

Verdade flor, é de dar dó mesmo... vou te falar...
E outra? Se ela te copiou no meio de tantas blogueiras, também significa que você é no mínimo muuuito interessante... certo?
Sinta-se, de certa forma, lisonjeada... rs
BJooooooo

Lia Makimoto disse...

Oi Giuliana! Sou do seu causo por um RT da @lubrasil, e já vi vários casos desse. Acredito que essas pessoas achem que na internet ninguém vai ficar sabendo de nada (ha-ha-ha!).
Tipo, a pessoa acha vc legal, engraçada, escreve coisinhas interessantes, tem um vida que lhes causa inveja, visita tudo o que voc6e tem, tuí, fb, blog, e etc... e depois desaparece não fala mais com vc ou simplesmente começa a lhe copiar achando que você nunca vai achar ou ninguém nunca vai ver e lhe contar...

Como disse alguém por aqui, também não tenho o espírito evoluído pra sentir dó de alguém que está tentando ser eu, é como sentir pena de uma vagaba tentando pegar meu marido pra ela, só pq eu sei que a minha vida é mais interessante que a dela, mais bonita e charmosa, chique e glamourosa que pode existir na periferia hahahaha!

um beijo! E sorte com as zecca pimenteiras, hihihi.

Dany, Danielle disse...

Cara de pau do caramba... não merece nosso respeito. E nem as pessoa que continuam seguindo ela e comentando no blog dela, não merecem nosso respeito.

kkfaria disse...

Tenho medo de pessoas assim... mas como vc disse, que vida vazia ela deve ter... bom... beijocas na Lulu (que não dorme nunca!)

Priscilla disse...

Que loca, né? E pelo visto tem sido bastante comum esses casos de plágio... É isso aí, tem que botar de castigo quem faz coisa errada! Infelizmente o que cai na net é peixe, mas ética se aplica na vida real e on line.
Beijos e sorte em 2011.

Anônimo disse...

Giuliana disse:(porém, se alguém duvidar da minha palavra, os posts ainda podem ser encontrados na memória cachê do Google, é só dar a busca)

Que 2011 seja, eu diria mais verdadeiro, humilde e amigo.
Se alguém copiou um texto da verdadeira Lulu cuidado!!! ainda está lá no cachê do Google! Que feio heim?!
E o pior é além de não ter a coragem de admitir e se desculpar, vir até aqui e dar "apoio" a Giuliana.
Faça-me o favor!
Euseioquevocesfizeramsemanapassada!!!
kkkkkkkkkk

Sou MEGA fã dos teus textos Giuliana,me sinto na sua pele um pouquinho a cada post (meu bebê tem apenas 9 meses) e me sinto em paz pq vejo que o universo não conspira apenas em meu favor (desfavor,hihihi).

Só sei de uma coisa, no dia que Oliver dormir uma noite toda, ou algumas horas durante o dia, dou uma festa. hihihi

Vamos deixar essas doidas de lado e tocar o barco, pq eu já falei até demais!
Dedinho-duuuuro, hihihi

Bjão e feliz 2011!!!
Monike

sueli disse...

Sabe o que estou pensando aqui com meus botões:? "(as x eu penso. rs
Acho que essa "pessoa" nunca teve um amor prá chamar de seu.
Vai ver; foi comida por acaso, depois de um churrasquinho no puxadinho, regado a cerva barata, muito pagode, sovaco de bode, etc....rs
Acho que ela nem deve ser mãe. Afinal: que mãe passaria esse tipo de conceito, mau exemplo para um filho (a) ? se num foi na lage, foi no baile funk. kkkk
Em tempo: adoro churrasco, pagode, cerveja e quando não tem ninguém olhando, até me arrisco nuns passinhos do funk... Mas até que teve seu lado bom. Vc viu o que é ser solidário, amigo, fiel, carinhoso. Recebeu afeto de pessoas que talvez vc nunca venha conhecer pessoalmente, mas que a amam como nós (privilegiadas) que estamos pertinho né? Beijos prás minhas amadas

Anônimo disse...

Giu....me passa seu email...quero falar com vc...
beijos...Maria Claudia(filha da outra Maria) heheheh

Ju disse...

Gente, estou realmente surpresa com a quantidade de carinho que recebi e estou recebendo devido a esse lamentável episódio. Muitissimo obrigada a todos vcs, pelo apoio, carinho, respeito, enfim, acabo que to adorando tudo isso. rs
Maria Claudia, ou quem mais quiser falar comigo pode ser pelo giulianasv@uol.com.br
beijo me emeiem, mas nao me copiem, ok? hahaha
PS: SABEM QUE ACABEI DE DESCOBRIR UMA OUTRA PLAGIADORA, dessa vez alguem bem mais proxima de mim, que me deixou passe. Mas viremos essa paginas e rumo 2011.

Mariana disse...

Opaa, mais uma leitora que chegou aqui por causa desse episódio. Conheci o lulunaodorme num tweet da Lu Brasil alertando sobre o plágio. E adorei! Beijos e tudo de bom pra vc, pra Lulu e pra Fabiaaana!

Rodrigo S disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo Soriano disse...

Bom, eu tenho todos os motivos pra estar feliz, meu nome entre os agradecimentos! Giu, saiba que vc está cercada de amigos, para o que der e vier... Basta ver a reação das pessoas, os comentários, todo mundo adora vc e seus textos... vc tem muito talento, e isso ninguém vai plagiar, nunca! Ou se tem, ou não. Aproveito para desejar tudo de bom pra vc, e um 2011 repleto de histórias BOAS para contar. Bjão!

Natália Toledo disse...

Linda, que vcs tenhm um ano de 2011 cheio de sono ao menos 12hrs por dia!!!!
m ano cheio de saúde, paz, alegria e muuuuuuuitas realizações!
Um beijo bem gde

Bia disse...

oi Ju! Já viu o significado da palavra "coitada"? é aquela que sofre o coito.
Ou seja, deve estar f... essa moça, coitada... rsrsrs
dá bola não, na pior das hipóteses essas coisas sempre dão audiência né?
beijos e um final de ano maravilhoso!

ps- amei o post do natal, pressenti que a tia tinha um caso com o bom velhinho logo no começo da história :)

Mulher e Mãe disse...

Aposto que ela tem um quartinho na casa dela com fotos suas, um pequeno altar, saca?
Fica seguindo seus passos e vendo o que você faz e quer ser você....
MEDAAAAAAA
hahahahhaha
Mas eu concordo com a Naiara: entre milhares de blogs e pessoas interessantes, veja o lado Poliana: Sinta-se lisongeada. Eu queria ser um pouco mais "Giuliana Vaia" também: espirituosa, rápida nas sacadas, bem humorada, divertida....
Eu sou mais você!
LoveU
Beijos
Calu

Mercedes Gameiro disse...

Isso aconteceu comigo também. Uma leitora me avisou eu eu fui ver o blog da moça. Eram os meus posts, minhas frases, tudo meu. E o pior: ELA MUDAVA COISAS pra adaptar à vida dela, com erros de português.
Usava partes de poemas meus como título de posts que tinham 80% do meu texto e 20% de pataquada.

Outros eram na íntegra.
Fiz um escândalo. Comentei em todos os posts dela. Fui aos blogs das pessoas que elogiaram os textos dizer quem era a verdadeira autora, achei a menina no Orkut (claro que ela não tinha facebook)
Resultado: em minutos ela deletou o blog e o Orkut.
Agora me diz PRA QUE SERVE?

Que bom que a tal Fabiana sumiu. Tomara que pegue uma coceira daquelas que ficam em carne viva.
Prontofalei!

Beijo

Luciana disse...

Ninguém merece, né? Me entristeço por você! As pessoas deviam ter mais respeito! Será que vamos ter que registrar tudo que escrevemos agora?
Meu Deus!

Daline disse...

Oi Giuliana, conheço essa pessoa, pois em comum temos filhos alérgicos a leite e soja.

Sinto informar-lhe que o hábito não parou por ai.

Dia desses uma mãe apresentou ao grupo um projeto de vida dela, pois a Fabi foi e assumiu de todo, arranjou patrocinador e estava tocando tudo sozinha, como se a ideia fosse dela...

colocamos a boca no trombone e o projeto retornou a quem o concebeu!

que perigo!