segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Como domar seu dragão em três(simples) passos:



1- quando ele(a) começa chorar, dê um passo pra trás.

2- Se ele(a) continuar chorando and berrando 'EU QUEEERO', dê dois passos pra trás

3- Se ele(a) chorar, berrar, se jogar no chão em público e der com a cabeça na parede, dê 3 passos pra trás se vire e saia correndo deixando ele(a) lá sozinho.


Pronto. Dragão domado e mãe sã.


Agora sério,

Pausa-

Olha....

Pausa de 15 minutos-

NÃO SEI! ALGUÉM ME AJUDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Como pode? Como pode um bichinho de nei um metro de altura te destroçar tanto? Falar tanto não vou não quero não gosto sai daqui sua chata? Como dar educação pra esse ser que saiu de minhas estranhas entranhas?

Eu J-U-R-O que tento. Sigo as regras à risca, obedeço todos os educadores, obedeço a supernanny! Obedeço até garçon que vem me dar bronca por deixar minha filha chorando no chão (by the way, atomanocu ele). Eu obedeço todo mundo, porque raios ela não me obedece, meldels?

Tento achar desculpas explicações para tamanha teimosia e falta de educação e achei uma bem cabível e fofinha, olha só:

Eu tenho uma filha índigo.

ÍN-DI-GO

E o que vem a ser uma filha índigo?

Apre aspas: U

"Uma Criança Índigo é aquela que apresenta um novo e incomum conjunto de atributos psicológicos e mostra um padrão de comportamento geralmente não documentado ainda." (ALÁ, NUM DISSE? Tenho um Alien)

"Este padrão tem fatores comuns e únicos que sugerem que aqueles que interagem com elas, pais em particular, mudam seu tratamento e orientação com objetivo de obter o equilíbrio." (equilíbrio? o que é equilíbrio?)

"Ignorar esses novos padrões é potencialmente criar desequilíbrio e frustração na mente desta preciosa nova vida" (na vida da preciosa mãe nada, né?)

"Elas vêm ao mundo com um sentimento de realeza e freqüentemente agem desta forma." (só falta o manto e a coroa)

"Elas têm um sentimento de "desejar estar aqui" e ficam surpresas quando os outros não compartilham isso." (desejar estar aqui na loja de brinquedos, esqueceram de escrever)

"Elas freqüentemente contam aos pais quem elas são". (ela já me contou, ontem. 'Sou teimosa, desobediente e chatinha mas sou bonita e inteligente” me disse sorrindo. Quem há de discordar, né mesm?)

"Elas têm dificuldades com autoridade absoluta sem explicações e escolha."(mentira, outro dia chamei o guarda da rua pra me ajudar a colocar ela na cadeirinha do carro e ela obedeceu, depois que viu a arma)

"Elas simplesmente não farão certas coisas; por exemplo, esperarem quietas é difícil para elas." ( CEMIJURA?)

"Elas se tornam frustradas com sistemas ritualmente orientados e que não necessitam de pensamento criativo” VVV

Vejam a imagem e concluam se ela anda frustrada:


-Charada morta.-

Concluindo, essas coisinhas alienígenas na verdade são seres iluminados que descem a Terra pra ensinar a nós, pobres adultos burros, alguma preciosa lição divina. E a minha lição é: “você não é uma ratazana, você é uma mãe. Desenvolva a jóia da paciência, keep calm and carry on."

Entrei até num curso de meditação zen budista. Sério. Serião.

To aprendendo a respirar, vejam só! (como se eu não soubesse...) Então quando a coisa começa a apertar aqui, eu sento, inspiro em 6 solto em 12, por no mínimo 108 vezes entoando o som sagrado OM.

-Agora corta pra realidade-

Quando a coisa aperta, eu grito, sento na sarjeta e choro copiosamente.

(Desconfio que buda ainda não esteja fazendo fazendo efeito em minha pessoa)

Mas apesar desses rompantes aleatórios, sou obrigada a admitir que tenho melhorado muito a minha paciência and tolerância em relação aos nossos semelhantes (e aos nem tão semelhantes assim), como por exemplo, consigo até ser educada e responder a altura, comentários de cunho cretino and pathétic, como este que ouvi dia desses na praça de alimentação de um shopping, depois de eu tentar colocar Lulu sentada (19 vezes) na cadeira:

Querida (já irritada com minha filha): “Moça, procura um médico porque eu acho que sua filha é imperativa”

Eu, sorrindo cinicamente simpaticamente, respondo (ainda sorrindo): “Ah o médico disse que ela é assim imperativa por que eu sofri de impertireodismo na gravidez. Tá tudo bem agora. Mas muito obrigada pelo toque, gata, você foi imperbacana comigo!” (meu pensamento continuando a frase- e tá parecendo um impopotamo comendo desse jeito, sua indiota)

Porque educação e simpatia é o que não me falta. Bêjo


BÔNUS:

Ao ler esse post, você ganha inteiramente grátis o mantra indiano usado para desenvolver essa qualidade divina que, sim, mora dentro de cada um de nós. A Santa Paciência.

Copie e cole esse mantra em sua geladeira e repita 108 vezes por dia pra colher os frutos desse som sagrado que nos conecta a essência divina.

"Om Bhoor Bhuvah 
Tat savitur varenyam 
Bhargo, devasya demahi, yo nah phat arehail prachodayat"-

Como não tive a menor paciência de procurar a tradução disso, tentei fazê-lo assim ao pé da letra e acho que é mais ou menos isso:

"Oi senhor Buda Tu ta sabendo que tou virando Bagaço, devastada demais, não permita que me encham os pacová"

(E dez vezes por dia já ta de bom tamanho)


Namastê!



38 comentários:

Edna Fernandes disse...

kkkkkkkkkkkkkk
não consigo ficar triste depois de vir aki não tem como.bjs

Rafaella Dias disse...

Muito bom! Só tô com pena de vc...
Não por ter uma filha liiinda, mas por essas birras SUPER comuns na idade da Lulu... Aguenta, que passa. Aí quando chegar a adolescência, cê vai torcer pra voltar pra quando ela tinha dois anos...
Boa sorte!
Namastê!

Raquel Gomes disse...

Namastê, minha querida Giu.
Neste momento peço ao Sr Buda Sidharta seiláoquê pra me iluminar porque um passarinho me falou que Diogo pode ser índigo (ou era jeans?) e eu não vou agoentar!!! Já quase matei afogado duas vezes (agora pouco foi a segunda), pode ser que uma hora isso aconteça de propósito. Medo de mim.
Hahahahahaha
Boa sorte com Nalu!
Bêjo

Lívia Maria disse...

hahaha Ju, eu tb acho q ela é indigo... de um tom lindo! rs. Já li algumas coisas sobre isso.. diz apenas q vc tem q tratar com lógica, bom tom e amor. Explicando td, pq reprimindo vai deixá-la mais rebelde (achei aqui http://www.divaldofranco.com/noticias.php?not=42). Se não funcionar, da-lhe leite com vinho!
bjjss

Fabi Coltri disse...

Olha, se tem uma coisa q me anima é vir aqui e vir rir com vcs!

Sério gata, Lulu nem causa tanto assim vai?! Eu bem vi ela super quietinha na festa, sentadinha... (cof, cof)

HAHAHAHAHAHHAHA

Nem vi a cor do zóio dela!

Vcs são demais!

Beijooooooos

Ana Campos disse...

Aijesuis...ela é terrívea mesmo...
o mantra vou colocar em prática hoje mesmo!!!

bjos

Carlinha Freitas disse...

Menina,
já me apresentei aqui, mas como estou sumida, vou me apresentar de novo! Sou Carla, mãe do Lucas, 14 meses! Tenho um blogo também! http://diariodemamae.blogspot.com/

Queria dizer que seus posts são demais!!! Vc é muito engraçada :)
Consegue fazer graça com as situações mais dificeis! rsrs

To passando por algo parecido por aqui. Dose!

Beijo!

Marcella Nathaly disse...

Então estamos numa safra produtiva de crianças-índigo, sobretudo se elas resolvem se chamar An(n)a Luiz(s)a! Porque eu já disse que a gêmea de Nalu reside em Recife, mais precisamente na minha casa, não é?
Absurdo essa imperatividade dos meninos de hoje em dia!...

Vanessa Cavasotto Leite disse...

Hahahahahahahahahah "simijei" de rir....imperativa foi ótima!
Tu és mto engraçada guria!! Eu tenho medo da Lulu!!
Bj!

Raquel disse...

Se te consola a "imperatividade" corre solta por aqui também!
Trabalho num hospital psiquiátrico e as vezes acho que é pra lá que vou parar depois da maternidade. kkkkkk
bjs,
Raquel
www.mamae24hs.blogspot.com

Sandra Hellen Kautto disse...

Você sabe como fazer uma mãe morrer de rir mesmo depois de ter ficado 2h trancada no quarto fazendo o menino dormir!

Já copiei e já colei o mantra na minha geladeira!!

Beijos

Elis disse...

Hahahhaa..
adoro ler o vc escreve.. olha q nem tenho filho, nem deveria ficar lendo essas coisas..mas adorooo..Namastê..

Flávia disse...

Muito bom...
#morriderir!!!!

Bianca disse...

Giuliana, é quase impossível tentar deixar alguma mensagem 'séria" depois de um post MARA como esse mas vc já tentou parar e fazer uns 'acordos" com ela?? e cumprir, néam?? Olha, tive uma fase terrível ocm o meu (é a fase mesmo, fica tranquila) e eu ia fazendo acordo para tudo.... Me ajudou e ele não virou um ser insuportável que só faz acordos, meio que esqueceu, kkkk
beijos

Carolina disse...

Ihhh fofa relaxa... Quando ela for uma moça linda e charmosa você se vinga dela contado essas histórias... srsrs. Eu também não sei o que fazer com o meu pequeno reizinho... Será que a Jo Frost pode vir ao Brasil nos ajudar ? Beijocas

Fezinha disse...

Kkkkkkkkk!!!! É...tô só aqui esperando a minha vez! A minha tá só com 9 meses e já tá cada dia pior. Nem imagino o que me espera, mas tô contigo!

Juro...queria ter metade do seu bom humor. Um dia, quem sabe. Um dia de cada vez, né messsss?

Beijo!

sueli disse...

E apesar de tudo; de noites mal dormidas, dias inteiros ocupados com sua Lulu, tentando reeducar sua vovózinha, e educar sua pequena; (ufa) vejo que você está muito zen.
Zen bazência pra bais nada. kkkkkkkk
Misture tudo, inclusive, eletricistas, encanadores, gatos do vizinho, e peneire prá ver o que sobra. Se sobrar algo sobre a peneira, tudo terá valido a pena. certo???
Amanhã, com certeza será outro dia (daqueeeeeeeles. kkkk)
Excelente texto garota. Continue zen.
bejokas

Vanessa Beltrame disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk namastê vou tentar o mantra...................kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Tetê Gandolfi disse...

Nossa vc é uma inspiração....nossa suas postagens são ótimas e eu sou fã.
Sorte Kerida
Bjkas

Tetê Gandolfi
http://tetegandolfi.blogspot.com/

Anônimo disse...

Guria...eu me mato de rir com o
que vc escreve, não tenho filhos ainda, mas uma vez li um post seu que saiu numa revista que tinha na sala de espera quando eu fui fazer uma ecografia de rotina, resumindo, acho um máximo a forma cômica como vc escreve, viciei! Força com a Lulu, certamente ela vai crescer e melhorar um pouquinho o comportamento, mas com certeza vai continuar te dando muita alegria sempre...bjs querida!

Lizy disse...

Ai, é mega complicado né....eu tb as vezes saio do sério...que faseeee rs
E nego dando conselho...fia vc tem que ter paciência...ah jura? não me diga? kkk dá mais raiva.
Mas dizem que passa né...esses leoninos são muito difíceis...aff

Cintia disse...

Adoro seus posts, tenho uma peça rara também a Srta Marina, 1 ano e 8 meses! Ela é bemmmm parecidaaaa, adoraaaa uma birra!E eu endoido!

Carol disse...

Ahahah Fala sério, meu filho é igualzinho!!! tenho crises de choro quando ele me manda embora de casa e diz que não gosta de mim, os vizinhos vem ver se estou espancando ele, porque quando quer algo chora durante horas seguidas como se alguem estivesse espancando mesmo. é muuuito inteligente e me deixa sem resposta, não aceita ordem, tudo deve ser explicado ou com opções... è meu filho! Já fui em neuro e me garantiram que ele nao é hiperativo, só muito, muuuito ativo... Mas estou feliz, sabe por que? Porque descobri que não é só meu filho!!! ahaha Ju, vc não está sozinha nessa luta de ufoXmamãe, nossos índigos são bem carinhosinhos, é só não tirá-los do sério sem querer... rsrsrs Ah o meu já me mandou pra fora de casa porque não tinha salada de alface... Ve se pode.. Isso não é coisa de criança terráquia mesmo... rsrsrs
Entrei no seu blog pra te convidar pra participar do Clube das mães e pais blogueiros.

http://maesepaisblogueiros.com

Mas me identifiquei tanto que já estou te seguindo!
Beijos!!!

Renata disse...

kkkkkkkkkkkkk, essa tradução do mantra foi tudoooooo!!!!!!!!!!
Tenho uma versãozinha masculina da Lulu e não tenho como não me identificar com seus textos!!! Ótimos!!! São chaaaaatooooosss demais nessa fase, mas incrivelmente apaixonantes e irresistíveis, não???

Dani disse...

hahahahahahahahaha

não conhecia o seu blog, ri muito com a tradução do mantra... hahahahahaha

adorei.... muito!

Também tenho um blog, e tento não ter uma escreita chata, ou tediosa... e vc acertou! Em cheio! Adorei!

Beijo,

Dani

http://viagensdeprimeiraviagem.blogspot.com

Amor de Duas Mamães... disse...

Leu o o livro "Educando crianças Índigo"??? Se não leu, o faça... Também estou fazendo!!!

De fato, é exatamente isso que descreveu... Seu post foi perfeito!!! Amei!!!

Se lhe serve de consolo, o meu bebezinho tem 1 ano e 3 meses... Dizem os psicólogos que a criança começa a desafiar os limites aos 20 meses, ou seja, 1 ano e 8 meses... O Lucca já vem me desafiando desde os 13 meses... É mole???

Esses são os índigos chegando por ai!!!

Ainda bem que estão tendo mães preocupadas em compreendê-los, caso contrário... ... ...

beijinhussss

Miriam disse...

Adorei...ri muito na sua conversa com o impopótamo, vá em frente, continua com o seu bom humor, é o que sua filha precisa.Miriam

Fernanda disse...

Oi, Ju!
Achei seu blog faz pouco tempo e estou adorando ler tudo. Gosto muito da sua maneira de escrever. Tenho uma pergunta, se vc não achar inoportuna, mas a insônia da Lulu é simplesmente pelo fato dela trocar o dia pela noite ou é mesmo uma condição médica? Se sim, já tentou tratamentos alternativos ou quem sabe até homeopatia?
Muitas felicidades pra vcs e parabéns pela fofura de filhota!
Beijão

Lua Ugalde disse...

Sério mesmo, amo teus posts!!Não consegui decidir se é a mãe meio loca, ou filha ÍNDIGO que é mais figura!
Love you xuxux...
ah, vim falar que voltei para a blogosfera, pro twitter ainda não, mas no face estou sempre por lá...rsrsrs
bjos!!

www.devaneioslunares.blogspot.com

Nádia não come disse...

olha nao é facil nao, esses pequenos nos dao muito trabalho nao sei como antigamente mulheres consseguiam ter 15 filhos.....adoro seu blog...me ajuda demasi a ficar mais calma em certas cituaçõe um bjao pra vcs!!!

Adriane disse...

Giu,
estou com saudades dos seus posts. Escreve mais, please! Ainda não sou mãe, mas estou ansiosa para esse momento chegar. Acompanho por aqui as fases da Lulu que, em breve, também serão as minhas.
beijos

Fernanda Ferreira disse...

Olá, me chamo Fernanda Ferreira e sou consultora comercial da Media Direct One. Gostaria que o responsável pelo blog entrasse em contato comigo através do email fernanda@mediad1.com para falarmos sobre uma possível parceria.

Atenciosamente,
Fernanda Ferreira

Cristina disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
que delícia de post, só não deve ser delicia a situação!!!!se souber de algumas dicas te passo tá

to te seguindo passa no nosso cantinho

princesaagatha.blogspot.com

Bjs

Cris

Anônimo disse...

Vc é muito engraçada!!!! Adoro ler seus posts. Tenho uma filhinha de 5 meses uma delicia!!Adoraria conhecer sua LuLu. Bjos Tatiana Cardoso

Sandra disse...

Oi Ju, prazer em conhecê-la.

Cheguei aqui meio por acaso e me encantei com o blog, verdadeiro, engraçado e vc escreve muito bem.

Menina, tenho uma Lu também, mas já tem 12 anos e eu não me lembro dela dar muito trabalho, apenas de trocar o dia pela noite, oq eu acho que é normal e demorou bem uns 3 anos pra ela entrar nos eixos.

Já o Lucas... rapaz, que canseira... ele vai fazer 4 anos em dezembro e, qdo ele tinha a idade da sua Lulu, eu realmente evitava sair pq eu só passava nervoso. Bravo, irritado. Mas ele melhorou taaaanto no último ano, precisa ver! Acho que amadureceu :) a escolinha ajudou e a eterna prática da paciência que os pais tem que ter, também.

Logo melhora, vc vai ver :)

Abraço.

Cíntia disse...

Pleaseeeeeee escreva nais, adoro ler seus posts, poxaa 1 mês é muito tempo ;)

Maria Felisbela disse...

Olá Giuliana. AMOOO ler os posts. Descobri seu blog a pouco, no "Enfim, o (auto) desfralde noturno...", e virou vicio. Tive de ir pro inicio pra acompanhar td.
Olha, tenho um Lulu (hoje c/ 20 anos) e só tenho a dizer que vc não viu nada... dessa missa vc não assistiu nem a metade! Tô ansiosa pra ler 'Lulu na idade escolar'.
Quero ver... tu vai ficar LOUCA. De pedra. Mas vai amar cada dia mais. E aprender tb, o que eles tem pra ensinar não é deste mundo.
Hoje, não troco meu "Lulu" por nada. E olha que na maioria dos dias queria a receita pra reciclar.
Bom aprendizado!

Anônimo disse...

Cara,

Minha filhotinha tbm não doooorrrme, eu viro dia viro noite e pareço com um zumbi !!! Ma samo muito tudo isso KKK AAAAmmmmooo demais seu blog!!!! è tudo muito leve e doce! bj