segunda-feira, 22 de julho de 2013

Repostagem- É pique! é pique! é pique! (haja pique...)

Quero pedir licença a Revista Pais&Filhos para repostar meu texto sobre os 4 anos de Nalu. Quero deixar registrado aqui, e pra quem não leu, aí vai.

Minha menina completará quatro anos.Quatro.Olho pra essa moça e ela ainda é um bebê, olho pra esse bebê e ela já é uma moça.

As crises de birras acabaram agora que ela já é ‘criança crescida’ e se comporta como tal, certo? Errado. A calmaria dura uma semana- ou nem isso – e iniciam de novo porque ela é um bebê, oras. Bebês são birrentos mesmo.As palavras saem de sua boca de um jeito assustadoramente correto, concordando em gênero, numero e grau. Ela diz ter “certeza absoluta” das coisas e deseja que alguém vá “conosco”, mas às vezes ela quer comer “picoca” e ver “tevelisão”.
Luísa é altiva, independente, faz xixi sozinha e sempre solta minha mão pra atravessa a rua; a Anna quer colo, tetê e chupeta. Ou essa seria Luísa e a outra Anna? Não sei.
Tem minuto que ela me odeia e viro a “pessoa mais chata do mundo”, deseja ficar sozinha ou “morar sozinha” e não quer mais ser minha filha, e, no minuto seguinte “eu amo você mais que tudo, coisa gotosa do meu mundo”.
Tem dias que acordo doente e ela não tá nem aí,”acorrdaaa logo”, tenho que levantar da cama e cumprir meu papel de mãe (e uma mãe bem exigida diga-se de passagem); em outros dias, ela traz o termômetro e me cobre com seu cobertorzinho, me empresta a naninha e diz pra eu ficar “tanquia”. E eu fico.
Luísa é apaixonada pela Rita Lee, Barão Vermelho, Beatles e Rolling Stones, e Anna gosta de Palavra Cantada,Patati Patatá e Backyardigans. (ainda não sei se a ordem é essa.)
As duas são uma miscelânea incrível de ternura e teimosia, coragem e medo, alegria e raiva, amor e ódio, sim e não,  silêncio e tagarelice, vaidade e pé sujo de lama. A Bela e a Fera.
Amo as duas intensamente cada uma a seu modo.
A bebê e a mocinha, a Anna e a Luísa.
A mistura, a Nalu.
........Filha, dia 25 é o seu dia (como se todos os outros não fossem...) e eu quero te dar um presente, mas não um presente qualquer, quero te dar um presente que possa ser lembrado pra sempre e guardado na memória e no coração até quando der. Não, não tô falando do furbie, nem da barbie sereia e nem nada disso. Eu quero te dar a recordação do melhor aniversário da sua vida. 

Quero reunir as pessoas que você mais ama em volta da mesa do bolo, celebrando e comemorando com você, igualzinho aquele 25 de julho gelado e ensolarado de 2009.
E ali, filha, junto com você, estará a sua vó, seu vô, suas tias, sua bisa, seu pai e sua prima querida e eu, claro. Todos juntos pela primeira vez depois que eu e papai separamos.
Esse é o meu presente e espero que goste. Não vou nem embrulhar, tá?
Feliz quatro anos, mon tout.
Te amo. 

11 comentários:

Munique Lhamas disse...

Que lindo!!! Adoro seus textos, porque você some tanto? Não some não vai pfv!!!

Bjos
http://coisasdegabieassim.blogspot.com.br/

Naity disse...

Muito lindo, Ju!!! O mais legal é a sinceridade do amor de vocês!! Parabéns pra Nalu!!! Bjoo

Aretha Ferreira disse...

Lindo texto... Parabéns à Nalu e espero que em breve volte com mais posts pois adoro ler seu blog. Bjs

Olivian Moioli disse...

Ca estou chorando as 23:
39...

Anônimo disse...

parabéns p ela.. chorei!

Adriana disse...

Com lágrimas nos olhos... :) meu Theo fez 4 aninhos em junho e essa contradição, essa oscilação de humor, esse rapaz/menino se repete por aqui também :) Bjos e Feliz Aniversário, Nalu! Se um dia eu tiver uma filhinha, quero que ela seja ssim como você (mas que durma um pouco mais:)

Marcella Nathaly disse...

Nalu, saudade de tu! Beijo, Giu!

Alice disse...

Que lindo!Acabei de descobrir seu blog,vc escreve super bem ...to morrendo rir das historias da sua pequena...e me sentindo meio culpada pois a minha Sofia tb ja tem 4 anos e eu que sempre fiz planos de registrar seu desenvolvimento...até agora não escrevi nada =/...vou me inspirar em vc e quem sabe não começo agora...esse tempo não volta mais temos que curtir mto..abraço

Ca disse...

Gostei. legal!

Rodrigo Morelli disse...

Olá Ju! Que delícia de post!

Fico imaginando a minha Millena quando chegar nesta idade!

Também escrevo para os meus dois pequenos, quando tiver um tempinho, dê uma olhadinha lá.

Saúde para sua pequena grande criança!

Josilene Tomaz disse...

Eu estou muito, mas muito apaixonada no seu blog. E eu só li 2 posts.
Um beijo e por favor, escreva mais.. <3