terça-feira, 18 de maio de 2010

Socorro,Dr. Tuco sumiu !!!

Ainda batendo na tecla ‘mãe também é gente’, fiquem vocês(não-mães)sabendo que mãe também faz cocô tem necessidades fisiológicas a serem atendidas prontamente. E o que fazer quando bate aqueeeela vontade e não tem mais ninguém em casa a não ser você e a pequena? Leve-a junto pro banheiro, oras. Simples assim. E o que fazer para entretê-la enquanto você está tendo um tet-a-tet com o neguinho o fax está sendo passado? Ué, dá um sabonete pra ela brincar. Simples assim.

Ai ai, se arrependimento matasse, eu já estaria no cemitério da Recoleta (porque eu sô xiq e não me enterro em qualquer quintal). Gen, entendam que quando eu tô concentrada numa coisa eu tô concentrada única e exclusivamente NA coisa, senão o negócio desanda. E como eu tava muuuito concentrada na coisa, não percebi que tava faltando um naco do sabonete na mão da Lulu. Quando dei por mim só tava o ‘sabo’ o ‘nete’ já tinha ido; aí eu olhei pra ela ela olhou pra mim com uma cara de quem comeu e odiou enquanto eu fui voltando a ‘si’ e caiu minha ficha(é...demora mesmo). Jézusluz, adivinhem o que fiz? Corri ligar pro Tuco, lóogeco. Mas aí lembrei que ele tá de férias. FÉRIAS? Como um pediatra de filha minha ousa sair de férias? Quem ele tá pensando que é? E pior, sumiu sem deixar rastros, nem telefone, nem endereço, nem sinal de fumaça. Onde eu poderia encontrá-lo? Num resort de tuco-tucos? E eu, como fico?

Passada a raiva do Sr.Tuco, vim no noutebuqui a joguei no gugou (gugou é minha salvação): “ingestão acidental de sabonete” e “comer sabão faz mal?”e “sabonete mata?” e por último “socoooro, minha filha comeu sabonete e nem era infantil”. Bem , como não achei nada muito assustador, resolvi relaxar e esperar o próximo pum cheiroso e com bolinhas, quando lembrei das palavras da minha sábia avó que prega que é preciso tomar muuuito leite quando ingerimos algo potencialmente tóxico-venenoso, como sabonete, comigo- ninguém- pode, tinta ou a feijoada da minha tia, entonces não pensei duas vezes e taquei os petchos na boquita dela. Da-lhe mamá e fiquei aguardando calmamente como sempre faço em situações tensas(ã-hã) e... tchanan: NADA!! Tenkisgod!!Deuzébom!!!

E ainda não satisfeita com a distraçãozinha ... -eu ultimamente ando meio desatenta, falta de dormir, será???- depois de “obrar”no banheiro e dar mamá, levei Lulu pra cozinha pra eu descascar uma manga que ela adora pamódi tirar o gosto de leite com protex da boquinha dela (hey ANVISA , a manga foi manipulada com as mãos devidamente lavadas, fervidas e esterilizadas) enquanto isso deixei ela brincado no chão, quando percebi que o silêncio estava ensurdecedor demais para uma casa com Lulu, resolvi olhar. Oka, podem miapedrejar : ela estava com as bochechas cheias de ração tal qual um hamster. Quiquifiz? (aprendendo a viver sem o Tuco...) Corri lá pro pai dos netburros e joguei: ”ração de gato é prejudicial a bebês?”e “ração de gatos mata?” e ”socorro minha filha comeu ração de gatos e nem era pra filhotes!” e gaçadeus não achei nada de tão ruim sobre a relação ração/bebês. Menomale (tô na onda da nova novela italiana, percebem?).

Pensei três vezes? Nãaao ! Taquei-lhe o peito de novo demodusqui o estomaguinho dela ficou assim ó: sabonete/leite/ração de gatos/leite.

Agora me diz, se o organisminho dela agüenta tudo isso, como é que não tolera um refluxozinho de nada, Dio Mio!?(olha a novela de novo)

Tuco –tuco não me abandone, médico desnaturado!!!!!

19 comentários:

Desconstruindo a Mãe disse...

Heheheh, o Caio gosta de comer sabonetes, de acompanhar todas as atividades em banheiros e lavabos e entra no box pra começar a gritar porque não quer que o tirem de lá, mas se entrega com a gritaria.

Tenta arrancar a proteção das tomadas com os dentes, vira a fruteira toda em cima dele porque descobriu que ficar na ponta dos pés faz uma tremenda diferença na vida dele.

E a comida dos cachorros? Se não está tentando comer, mergulha na água depois seca com o pano de prato.

Quem foi que disse que a primeira infância seria uma barbada, que esperássemos pela adolescência?

Beijo,
Ingrid

sueli disse...

"Darling". Depois que ela comeu saboção ou raçanete, como queiras, a minha feijoada ia cair de bom tamanho. Aliás, diga-se de passagem, que graças a feijú
, realmente ... foi de bom tamanho hoje cedo . kkk
Mas bebê é assim mesmo. Deixe uma bucha vegetal, que é mais natural, sempre a disposição dela. Assim ela vai se entreter e limpar os dentinhos sozinha enquanto vc grita:não Nalúúúúú. Pronto. tá arrezorvido . bjos

Anônimo disse...

Giugiu: dessa vez você e a brotinho se superaram! MAs pense positivo: Lulu não quer comer? ELA QUER,ORAS! Só que quer comer coisas deferentes das recomendadas pelos melhores chefs e tucotucos.Dá-lhe sabonete (NEUTRO, por favor!) e ração de gato - mas daquelas que custam três vezes mais que o Mucilon (o preço dessas coisas estou atualizada, sabe como é que é,vó não pode ser só vó, tem de participar - e de preferência com uma boa parte da graninha da sofrida aposentadoria). Se não fez mal até aqui, não faz mais. Só falta você descobrir que ela quer mesmo é dormir nas armofadas da Rebeca. Daí fica tudo resolvido... enquanto os avós se lambecam de areia e mares azuis, né zefia? O meglio: non è cosi, bella ragazza? Aliás, estou A-DO-RAN-DO. E o acento veneziano da Aracy Baila Comigo está uma delícia! (Em privé, posso te mandar cópia confidencial dos e-mails trocados entre eu e o autor - é, moça, sou FINA e conheço celebridades!) logo ontem depois da estréia. Perdi a grana mas não perco a pose! Baccionissimo, Giulianissima e Luluzérrima.

Anônimo disse...

Antes que eu esqueça: PEDIATRA DE FÉRIAS? Daqui a pouco vão querer 13.º vale-transporte, vale-refeição... êta povinho!

viciados em colo disse...

me divirto! estou aqui com o meu bebê de 3 meses, tão bonzinho, que esqueci como são estes eventos quando começam a ser "homo futucante"...
abraços,
mariana

Menina Alice disse...

Pra variar morri de rir!
Realmente eu iria para a técnica do leite também!
Por aqui, o JB tb gosta de um sabonete, mas ele tb é xic (hahhaah) e gosta do liquido, de preferencia diluido no braço dele ou da mamãe!!!
Ai, ai, o que me aguarda dessa fase?
Beijuuuusss!
Thalita e JB

Anônimo disse...

Cemitério da Recoleta é bom, melhora o astral embaixo da terra, principalmente ao som das baladas cercanas....mas contra tudo e todos, esta Lulu vai continuar dando um baile em todos voces e fique tranquila que sabonete e ração são ja preparados pra criança danada comer....E o Denis ainda está com cara de sono????Consegue abrir os olhos?Fiquei com pena do maridão ao encontra-lo no salã0 de beleza.....bj (Luiza)

mamãe polvo disse...

Hahhaha, passei mal de rir!!!
Adoro como vc escreve!!!
Olha uma vez na mesma situação, passando um fax, dei minha cartela de anticoncepcional para Lulu brincar.... calma! Estava vazia....
Mas cheia daqueles aluminios que ficam qdo tiramos o remedio...
Me desesperei, tb dei o peito, kkkk
Quando saiu no cocô, quae morri... de rir!!!
Fazer o que???
beijos na sua Lulu!

Dani disse...

Oi Giuliana! Conheci seu blog essa semana e adorei, menina! Morro de rir com suas histórias e me vejo em várias delas! Será que mãe é tudo iNgual mesmo?
Vou te linkar lá no meu blog.
Passa lá.
Beijo.
Dani

Lais Alves disse...

Minha nossa! Acho que o leite q vc tá dando pra matar a fominha dela e ela tá recorrenho ao que vê pela frente!.. hahah .. brincadeira.
Ri muito aqui da sua história! hehehehe
Tuco não soooome ..

Beijos ;*

Mamãe Fê disse...

gente... eu do muita risada por aqui. E consigo ver-me daqui a algum tempo tb...
Escrevi algo sobre 'necessidades de mãe' a dois posts eu acho...
Tudo perdoável, a gente somus genti tb!!!
Quem não comeu ração de gato na vida neh?...
Bju!!!!!

Lia disse...

Óia que eu trabalho na Anvisa, hem? Tô de olho... (Anvisa também registra sabonetes, agora ração é no Ministério da Agricultura e Pecuária, sorry).
Giu, tenho de te dizer: quando se clica-se na carinha da Lulu lá em cima, cujo qual o link deveria direcionar-nos pra home do seu blog, dá erro porque o link tá com www. Corrige lá pá nóis podê navegá no seu blog com mais facilidade...

Juliana Baron disse...

Meu Deus que medo que o jOão cresça...hahahaha. Eu já tive que ir no banheiro com ele grudado no peito...não tinha outro jeito...hahaahaha!!

beijOS chará!

Lua Ugalde disse...

Nooossa, eu quase morro de rir!
O Heitor tem somente um mês e não quero imaginar isso acontecer comigo(acho que ia pirar)!
Dr. Robson que não ouse sumir!!!
Bjos!

Patricia Lins disse...

kkkkkkkkkkkk, imagino seu grau de estresse para ser tão cômica! Deve ter estrapolado ao extremo e, no fim, quando tudo dá certo, vamos rir, porque não adianta chorar pelo leite derramado - ou, remediado - rsrsrsrs.

Sou agora mais uma fiel seguidora. Não com tempo que gostaria para ler de cabo a rabo, mas, com a ávida vontade de ver que eu não sou a única mãe que assume como é difícil passar um fax sozinha em casa com filho pequeno... já fiquei "enfezada" muito tempo, até ficar com prisão de ventre - kkkkkkkkkkkkk.

Olha, isso que é amor! A gente sofre, padece, mas é num paraíso!!!

Parabéns pelo blog!

Pat Lins - Mães na Prática

Camilinha disse...

oie flor adorei seu blog... vou começar te seguir ta bom...
quanddo pudder passa no meu blog...

bjs

Fabi da Juju disse...

Aiiii Ju..rs... são posts são demais adoro....

Ahhhh li sobre a chupeta...e acho que vc tem mesmo razão amiga...obrigada.

Beijos

Elaine disse...

hahahaha

morri de rir.

adorei seu blog!

bjs

Carol Moreira disse...

TO CHORANDO DE RIR. Você é foda! Beijos pra vc e Lulu